Caixa Tem: Crédito para quem recebe benefícios sociais é liberado (Confira!)

Usuários devem ficar atentos a questões de segurança

A Caixa Econômica Federal lançou seu aplicativo Caixa Tem no ano de 2020. O objetivo na época era o de permitir aos beneficiários do Auxílio Emergencial durante a pandemia da covid-19, o recebimento dos valores do programa. Com o tempo, a plataforma passou a ser utilizada para o Bolsa Família, PIS/Pasep, entre outros.

Todavia, a instituição financeira lançou recentemente uma versão atualizada do aplicativo Caixa Tem. Espera-se que em pouco tempo ela esteja disponível para todos os usuários. São várias mudanças, como um visual diferenciado, novos atalhos na tela inicial, como o “Pague suas contas”, “Extrato”, “Pix”, etc.

Os beneficiários dos programas sociais, ao atualizar o app, podem acessar a Poupança Caixa Tem. Dessa maneira, quem está inscrito, por exemplo, no Bolsa Família, passa a ter acesso a um crédito. Vale ressaltar que antes de conceder o empréstimo, a Caixa Econômica Federal deverá fazer uma análise.

No aplicativo Caixa Tem, os usuários podem fazer uma simulação de financiamento habitacional no programa social Minha Casa Minha Vida e obter maiores informações sobre as condições de crédito oferecidas. Se o cidadão possuir um contrato habitacional, ele pode visualizá-lo e pagar as parcelas do financiamento.

Aplicativo Caixa Tem

A princípio, a atualização do aplicativo Caixa Tem oferece a seus usuários o acesso a inúmeras novidades dispostas na ferramenta. Para tal, é necessário acessar a loja de apps para seu celular, Android ou iOS. Deve-se observar se a versão atualizada está disponível, caso esteja, é preciso então baixá-la para seu dispositivo.

A nova versão do aplicativo Caixa Tem pode ser utilizada em quase todos os aparelhos celulares. Além disso, os usuários podem navegar utilizando a ferramenta, sem perder o seu pacote de internet. Outro benefício da ferramenta da Caixa Econômica é a de que ela pode ser empregada por pessoas com deficiência.

Desse modo, a atualização do Caixa Tem é gratuita, onde o usuário poderá receber recursos de qualquer valor em sua conta, e ter acesso ao crédito. Para proteger o usuário e o aplicativo, não se deve clicar em links, visto que eles podem levar a pessoa a receber cobranças falsas. Não se pode entrar em sites suspeitos.

É importante proteger suas informações pessoais, e acessar apenas o site ou os canais oficiais da Caixa. Uma dica é evitar deixar os dados e senhas salvos no celular para utilizar o acesso automático, visto que terceiros podem obter estas informações. É preciso proteger a conta e nunca passar a senha.       

Alerta para beneficiários do Bolsa Família

O aplicativo Caixa Tem é utilizado por cerca de 21 milhões de beneficiários do programa social de transferência de renda Bolsa Família. Todavia, ele também possibilita o acesso a quem recebe o abono salarial e o FGTS, por exemplo. É uma ferramenta que possui inúmeras facilidades. Porém, é preciso ficar atento.

Isso se deve ao fato de que o aplicativo Caixa Tem pode ser utilizado por pessoas mal intencionadas para aplicar golpes em seus usuários. Através da plataforma eles conseguem as informações como nome completo, telefone, e entram em contato com a família ou com os amigos da vítima, dizendo ser um atendente da Caixa.

Com estes dados em mãos, os criminosos informam a estas pessoas, estas simples informações, em busca de ganhar uma maior confiança. Eles então solicitam outros dados, como senhas e números de contas bancárias, e afirmam que elas são necessárias para atualizar o cadastro. Eles usam estes dados de várias formas. 

As vítimas acabam sendo enganadas informando seus dados pessoais. Os criminosos, então, utilizam essas informações para fazerem compras na internet, além de sacar os valores disponíveis, gerando um grande prejuízo para estas pessoas. Portanto, é preciso desconfiar de qualquer contato de desconhecidos.

Como evitar o golpe

Analogamente, as pessoas que desejam se precaver e evitar cair neste tipo de golpe em seu Caixa Tem, devem observar os detalhes relacionados às informações recebidas por telefone, ou por mensagens de texto. Vale ressaltar que as instituições financeiras nunca pedem senhas ou números de contato de seus clientes e usuários.

Em conclusão, se o cidadão tiver alguma dúvida, ele pode entrar no aplicativo do Bolsa Família e procurar saber se houve alguma atualização a ser feita. Ele também pode ir até uma agência da Caixa Econômica e conversar com um atendente. É preciso ter em mente que os golpistas se passam pelo banco, sendo difícil identificá-los.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.