Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Caixa pode usar app para pagar novo crédito para trabalhadores informais

O Auxílio Emergencial não vai ser o único projeto de transferência de renda do Governo Federal nesta pandemia. Pelo menos é isso o que disse o próprio Presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães. De acordo com ele, há conversas para a produção de um novo crédito.

De acordo com ele, esse novo projeto tende a ser um crédito de R$ 300 para as pessoas mais humildes. A ideia é beneficiar aqueles que possuem uma renda mais irregular, ou mesmo os trabalhadores informais. Esse crédito cairia mensalmente na conta do aplicativo do Caixa Tem.

É portanto o aplicativo que o Governo também usa para fazer os pagamentos do Auxílio Emergencial. Foi assim no ano passado, e é assim também este ano. Pelas regras, o dinheiro do projeto cai na conta digital e o beneficiário pode movimentar através do Caixa Tem.

Ainda de acordo com Pedro Guimarães, a ideia da Caixa Econômica Federal é fazer com que os pagamentos desse novo crédito aconteçam da maneira mais simples possível. E como o aplicativo está disponível para a população, então eles consideram que seria mais fácil usá-lo neste momento.

Apesar de ser uma fala do próprio Presidente da Caixa, ainda não dá para dizer que se trata de uma ideia oficial. Ainda faltam muitas informações sobre o projeto. Não se sabe, por exemplo, quais pessoas iriam poder receber de fato as novas parcelas do benefício em questão.

Crédito para informais

E ainda falta saber uma série de outras informações. O Presidente da Caixa também não explicou como seria um possível processo de seleção. Não se sabe, por exemplo, se só as pessoas que recebem o atual Auxílio Emergencial estariam elegíveis para receber o crédito de R$ 300.

Ele também não deu uma data para o início desse projeto. Falta saber também como será o possível método de inscrição, isto é, se o Governo quiser de fato abrir esse processo, ou se apenas vai analisar os dados de cadastros existentes através do Dataprev.

Essa falta de informações deixou muita gente com várias dúvidas nas redes sociais. Seja como for, o fato de o Presidente da Caixa Econômica Federal dizer que o Governo trabalha com esse novo crédito, acabou deixando muita gente animada com essa possibilidade.

Vida após o Auxílio

Como se sabe, o Governo Federal vai pagar o Auxílio Emergencial durante quatro meses. E mesmo que o próprio Ministro da Economia, Paulo Guedes, diga que pode aumentar esse número de parcelas, oficialmente o que se sabe é que serão quatro pagamentos.

E aí muita gente se preocupa com o que pode acontecer depois desse período de tempo. O que se sabe oficialmente até aqui é que o programa Bolsa Família vai voltar normalmente para as pessoas que estavam recebendo as quantias antes do início do Auxílio Emergencial.

Entretanto, o próprio Governo trabalha com a ideia de uma reformulação do programa. Em entrevista, o Ministro da Cidadania, João Roma, disse que a ideia é fazer com que o Bolsa Família se torne um programa maior tanto no número de pessoas que ele atende como no valor médio dos pagamentos. E o objetivo do Planalto é que essa reformulação esteja pronta até o próximo mês de agosto.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.