Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

CAIXA libera indenizações do seguro obrigatório; veja quem pode

A Caixa Econômica Federal lançou um aplicativo que permite dar entrada nos pedidos do Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT). A gestão dos recursos e pagamentos do seguro foi assumida pelo banco neste ano.

De acordo com a Caixa, as vítimas de acidentes de trânsito poderão dar entrada no pedido de indenização por morte, invalidez permanente ou reembolso de despesas médicas através do aplicativo, que também possibilita o envio de documentos e o acompanhamento do processo.

Quem tem direito ao seguro DPVAT?

O seguro DPVAT foi criado com o objetivo de indenizar pessoas envolvidas em acidentes de trânsito, sejam eles motoristas, passageiros ou pedestres.

O seguro pode cobrir em casos de morte, invalidez permanente total ou parcial, além de reembolso de despesas médicas e hospitalares da rede privada por danos físicos causados nos acidentes. Embora o pagamento do DPVAT  esteja suspenso neste ano, o seguro continua em vigor e os cidadãos necessitados continuam a receber.

Valores do seguro DPVAT

Os valores das indenizações variam de acordo com cada caso. Confira:

  • R$ 13.500 em caso de morte;
  • até R$ 13.500 em caso de invalidez permanente, variando de acordo com a lesão da vítima – 100% para total;
  • 75% para as perdas de repercussão intensa;
  • 50% para as de média repercussão;
  • 25% para as de leve repercussão;
  • até R$ 2.700, considerando os valores gastos pela vítima em seu tratamento.

Como solicitar o seguro pelo aplicativo?

Para solicitar, o primeiro passo é baixar o aplicativo no seu celular. Após instalado, cadastre-se no login Caixa (se você já tiver  cadastro em outros apps da Caixa, como Habitação, FGTS e Caixa Tem, a senha de acesso é a mesma). Em seguida, clique em “Quero solicitar minha indenização DPVAT”, informe os dados do acidente, preencha os dados da vítima e envie a documentação necessária.

Através do campo “Acompanhar minha solicitação” será possível acompanhar o andamento da solicitação. Por lá, é possível verificar, por exemplo, se existem documentos pendentes e a liberação do pagamento do seguro.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
1 comentário
  1. Camila Diz

    Até agora não vi ninguém que conseguiu receber a indenização. O aplicativo não funciona, na agência não sabem o que fazer. Resumindo, as vítimas estão lascadas…

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.