Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

CAIXA libera desconto de 25% a 50% em parcelas do financiamento; VEJA

A Caixa Econômica Federal (CEF) confirmou o fim da medida que pausa os pagamentos do financiamento imobiliário. A partir de agora, o banco vai permitir a retomada das parcelas, mas de forma parcial, com descontos de até 50%.

Em março, a Caixa, por conta da crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus, suspendeu totalmente o pagamento do financiamento imobiliário. A medida foi prorrogada por três vezes, totalizando, ao todo, 180 dias de suspensão.

No entanto, agora, o banco não vai mais disponibilizar uma suspensão completa do benefício. A instituição adotará a possibilidade de pagamento parcial das parcelas, em duas linhas de crédito:

  • Desconto de 25% por seis meses
  • Desconto de 50% por três meses

O banco destaca que o caso de cada cliente precisa ser analisado separadamente para fornecimento do desconto.

A partir de outubro, a Caixa reduziu os juros para o novo financiamento do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE). O percentual será de até 5%. O sistema vai conceder mais de R$ 14 bilhões em crédito imobiliário.

Caixa anunciou nova redução da taxa de juros para financiamento da casa própria

Caixa Econômica Federal (CEF) confirmou que vai reduzir o percentual das taxas cobradas sobre financiamento da casa própria. Agora, no financiamento com recursos do SBPE, a linha indexada pela Taxa Referencial terá taxa mínima de TR + 6,25% e máxima de TR + 8% ao ano, queda de até 0,5 ponto percentual.

Além disso, o banco confirmou o aumento do programa de carência na compra de imóveis novos e a opção de pagamentos parciais de prestações por até seis meses.

Em outubro, o banco atingiu a marca histórica de R$ 500 bilhões em crédito habitacional. De acordo com informações da Caixa, as medidas acontecem para estimular o setor e ajudar a amenizar o impacto econômico causado pela pandemia.

Segundo informações da Caixa, o saldo da carteira de crédito habitacional do banco cresceu 13,4% desde janeiro de 2019, quando totalizava R$ 441 bilhões.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
7 Comentários
  1. Pedro Cardoso Diz

    A caixa divulga está proposta para clientes que tem contrato habitacional xom a mesma quando você procura a sua agência onde foi realizado seu contrato eles dizem quem resolve é a central de atendimento da caixa passa o site e o hatzap da central mais você não consegue resolver nada.

  2. Leônidas Nunes Diz

    Deveriam conceder um desconte para os contratos antigos. O meu é acima de 10% de juros. Cruel!

  3. Nara de fatima amargozo vaz Diz

    Eu acho um abisudo o cliente caixa pedir para diminuir o valor da prestação . Isso eu fiz antes da pandemia e a caixa não aceito.

  4. Gerson ferreira de Lima Diz

    Ridículo essa situação pois em alguns casos a pessoa entra em contato com a caixa ou seguradora e não obtém êxito pois perdi meu emprego a mais de um ano e só dependo de uma renda mesmo assim tenho que pG quase 50 por cento ainda recebo a resposta da seguradora que não pode retirar o seguro e nem reduzir às parcelas do financiamento como podemos ficar em Dias com a caixa

  5. José Vicente De Paula Diz

    falta um ano para eu guita meu apartamento com vai fancionar este desconto de 50;:

  6. Gilcimar viguini Diz

    Tem que dar desconto nos contratos antigos porque estamos sendo prejudicados com esse valor alto. Falou que ia resolver isso até agora nada

  7. Rejane Holanda Mavignier Diz

    Como posso pedir pagamento de 50%. E depois que acabar o prazo dado , o valor do pagamento fica normal ou tem que pagar os 50% dos meses anteriores?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.