Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

C6 Bank cresce e ganha espaço na disputa com Nubank e Banco Inter

Os bancos digitais já vinham crescendo exponencialmente em um período pré-pandêmico, mas, nesse cenário de pandemia, a consolidação dessa categoria se tornou muito mais expressiva. O destaque, em número de clientes, se dá pelo Nubank, pioneiro do setor no Brasil. Além disso, outros dois bancos que ganharam muito espaço foram o C6 Bank e o Banco Inter.

O mercado de Fintechs no país é extremamente competitivo, justamente por conta do surgimento de novos bancos digitais, de forma que tem se tornado cada vez mais difícil um novo banco emergir e ganhar destaque nacional. Porém, o C6 Bank conseguiu, em pouco tempo, se equiparar com os seus principais concorrentes de forma impressionante.

Além do crescimento no número de clientes, o destaque também se dá pela avaliação do C6 Bank em um valor de R$ 25 bilhões, feita na última segunda-feira (28). Vale ressaltar que o banco foi criado apenas em 2019, tendo, então, apenas 2 anos de existência.

Crescimento apresentado pelo C6 Bank

Para atestar o crescimento do C6 Bank basta observar seu crescente volume de buscas no Google Trends, principalmente se comparado com bancos digitais. Estes que, até recentemente, possuíam os mesmos volumes de buscas que o C6, como o N26, banco europeu que anunciou sua chegada ao Brasil neste ano de 2021 e o Nomad.

Diante disso, o C6 Bank é uma aposta promissora, em especial ao considerar que o grupo J.P. Morgan, sediado em Nova Iorque, comprou um valor referente a 40% da instituição. O grupo atua como uma sociedade gestora de participações sociais, além de atuar em mais de 100 países atualmente.

O portfólio de clientes do banco digital, além de todos os benefícios que uma conta digital propicia, podem, também, desfrutar de vantagens especiais, tal como um dispositivo de pedágio exclusivo do banco, que não possui anuidade ou qualquer tipo de taxa.

Confiança da população nos bancos digitais

Apesar de inúmeras pessoas se mostrarem extremamente satisfeitas com os diferenciais de se possuir uma conta digital, ainda existe uma parcela da sociedade que não confia totalmente em um banco digital. Em especial, o público mais sênior tende a se sentir mais seguro diante de um atendimento presencial em uma agência física, em detrimento do atendimento oferecido nos aplicativos dos bancos digitais.

Parte dessa tendência pode ser explicada pela dificuldade de pessoas mais velhas aderirem ao uso da tecnologia, justamente por conta do acesso e familiaridade com o uso de ferramentas como smartphones, tablets, notebooks, computadores e até mesmo a própria internet.

Mas, ainda sim, o número de pessoas com acesso a essas ferramentas mostram um crescimento exponencial diante do avanço da sociedade, de forma que o mercado dos bancos digitais ainda tem muito espaço para se desenvolver.

Diante do cenário do mercado observado no Brasil na atualidade, e também observando como o C6 Bank vem se destacando em um mercado altamente competitivo, o banco digital configura então uma boa aposta para novos clientes. A instituição traz muitas inovações e facilidades para os seus clientes. Além disso, os consumidores ainda contam com a facilidade de não precisar de uma agência física para realizar suas operações.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.