Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Briófitas e Pteridófitas: resumo de biologia

Confira tudo sobre esse assunto!

Briófitas e Pteridófitas: tudo aquilo que você precisa saber!

O assunto de botânica envolve uma grande variedade de tópicos. Dentre eles, podemos citar o estudo das plantas briófitas e das pteridófitas.

As briófitas e as pteridófitas são amplamente abordadas por questões de biologia do ENEM e dos principais vestibulares do país.

Assim, é fundamental que você domine as principais características desses dois tipos de plantas.

Briófitas: definição

As briófitas são plantas pequenas. Esse aspecto pode ser explicado a partir da ausência de vasos condutores de seiva em plantas desse tipo. Isso porque, a falta dos meus faz com que o transporte de nutrientes e de água ocorra de maneira lenta, limitando o tamanho do vegetal.

Ainda, devemos ressaltar que as briófitas são encontradas, normalmente, em locais úmidos, uma vez que, como não possuem raízes profundas, a vida nesses lugares se faz necessária para a absorção de água e de demais substâncias.

Por fim, podemos dizer que esse tipo de planta não possui tecidos verdadeiros, da mesma maneira que não possui também órgãos e raízes.

Briófitas: exemplos

Dentre os tantos exemplos de plantas desse tipo, podemos citar: antóceros, musgos e hepáticas.

Briófitas: reprodução

As briófitas se produzem de forma sexuada por meio da produção de gametas e de zigotos. Ainda, devemos ressaltar que a água assume um papel muito importante na reprodução desse tipo de planta, uma vez que auxilia no transporte de gametas.

Pteridófitas: definição

Pteridófitas são plantas que possuem um porte maior do que aquele das briófitas, uma vez que contam com a presença de vasos condutores de seiva. Existem dois vasos: o xilema, responsável por transportar seiva bruta, e o floema, que transporta seiva elaborada.

Ainda, devemos destacar que o maior porte dessas plantas se deve também à presença de tecidos de sustentação.

Pteridófitas: exemplos

Dentre os tantos exemplos de plantas pteridófitas, podemos destacar: avencas, cavalinhas e samambaias.

Pteridófitas: reprodução

As pteridófitas, assim como as briófitas, dependem da água para a reprodução. Isso porque, a água será responsável por transportar pequenas bolinhas, denominadas de “soros”, até a planta feminina, que será fecundada e, consequentemente, irá gerar uma nova pteridófita.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.