Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (1 vote)

Brasil tem mais pessoas em situação de fome do que usuários do Auxílio Brasil

Segundo dados de nova pesquisa divulgada nesta terça-feira (8), número de usuários do Auxílio Brasil é menor do que o de pessoas passando fome

Neste momento, o número de brasileiros que estão em situação de fome no país, é maior do que a quantidade de pessoas que recebem o Auxílio Brasil do Governo Federal. Segundo dados do Ministério da Cidadania, pouco mais de 18,1 milhões de cidadãos recebem o benefício social. Ao mesmo tempo, mais de 33 milhões não têm o que comer diariamente.

A pesquisa em questão foi divulgada nesta quarta-feira (8). Os dados fazem parte do 2º Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19 no Brasil. O levantamento foi realizado pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede PENSSAN).

Os números da pesquisa mostram que pouco mais de 15 milhões de brasileiros que estão em situação de fome, ainda não conseguiram receber sequer uma parcela do Auxílio Brasil. O programa social do Governo Federal teve início ainda no último mês de novembro do ano passado, atendendo pouco menos da metade do patamar de pessoas que estão passando fome.

O levantamento também indica que a situação piorou nos últimos anos. Entre 2020 e 2021, o número de brasileiros que não têm o que comer quase dobrou. O aumento foi na casa de 14 milhões entre um ano e outro. Especialistas afirmam que o fenômeno pode ter várias explicações, sendo a pandemia do coronavírus apenas uma delas.

Até o ano passado, o Governo Federal pagava o Auxílio Emergencial para pouco mais de 25 milhões de brasileiros. Considerando este dado, também é possível afirmar que o programa anterior já não conseguia atender todas as pessoas que estavam em situação de fome naquele momento. Assim, muitos indivíduos que precisam do dinheiro, seguem sem nenhum tipo de ajuda.

Fim do Auxílio Emergencial

No final do ano passado, o Governo Federal tomou a decisão de acabar com os pagamentos do Auxílio Emergencial. O último repasse do programa social aconteceu ainda em outubro de 2021, e milhões de pessoas ficaram de fora dos projetos sociais.

As informações, aliás, foram dadas pelo próprio Ministério da Cidadania. Ainda no final do ano passado, o então Ministro João Roma, reconheceu que milhões de pessoas não receberiam mais nada depois do fim do Auxílio Emergencial.

Na ocasião, Roma garantiu que o Governo Federal estaria trabalhando em um novo projeto social para a população. No entanto, o suposto novo programa não foi apresentado. O Ministro virou ex-ministro, e o atual não fala mais sobre o assunto.

O futuro dos programas sociais

De toda forma, o fato é que o Governo Federal pretende realizar mudanças em seus projetos sociais. Segundo informações da imprensa, membros do Planalto analisam a possibilidade de criar novos auxílios para atender também as pessoas que estão em situação de fome.

Um dos projetos que é analisado no horizonte é o auxílio-gasolina. Como o próprio nome já indica, a ideia é que as pessoas usem o dinheiro na compra do combustível. Taxistas, motoristas de app e mototaxistas poderiam receber o montante de R$ 400 por mês.

Além disso, também há discussões sobre liberação de créditos para empreendedores e novos lotes do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para trabalhadores. O Governo também sinaliza para um aumento no tamanho do vale-gás nacional.

5/5 - (1 vote)

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.