Concurso PGE PA 2022: Cebraspe vai organizar edital para Procurador!

Procuradoria Geral do Estado do Pará vai abrir um novo edital de concurso público para o cargo de Procurador

A Procuradoria Geral do Estado do Pará vai abrir um novo edital de concurso público (Concurso PGE PA 2022) para o cargo de Procurador. Nesta terça-feira, 03 de maio, foi divulgado o extrato de contrato que confirma o Cebraspe como banca organizadora do próximo certame para a carreira.

Assim, a banca de Brasília está confirmada para organizar o concurso. O contrato entre as partes, inclusive, já foi assinado na última segunda-feira (02). A vigência será de um ano, ou seja, até maio de 2023. Agora, o edital já pode sair.

Foi divulgado no Diário Oficial do Estado, edição do dia 02 de dezembro, a comissão organizadora do certame. O documento fora o grupo de trabalho que terá a missão de acompanhar todos os trâmites relacionados ao certame.

A comissão tem a seguinte composição:

Presidente

  • Ana Carolina Lobo Gluck Paul – procuradora do Estado do Pará.

Membros

  • José Henrique Mouta Araújo – procurador do Estado do Pará.
  • Mônica Martins Toscano Simões – procuradora do Estado do Pará.
  • Adriano Gustavo Veiga Seduvim – juiz de Direito do Estado do Pará.
  • Ivanilson Paulo Correa Raiol – promotor de Justiça do Estado do Pará.
  • Maria Stela Campos da Silva – advogada, representante da Ordem dos Advogados do Brasil

O concurso PGE PA 2022

O extrato de contrato com a banca organizadora confirma que o concurso da PGE-PA vai contar com 10 vagas para a carreira de Procurador. Além disso, está previsto para ser formado um cadastro reserva.

Quem estiver classificado no cadastro reserva poderá ser chamado durante todo o prazo de validade do concurso.

Último edital

O concurso da PGE-PA para o cargo de Procurador não é aberto desde 2015. Na época, o certame foi publicado com uma oferta de 20 vagas. O salário inicial era de R$8.076,40,

Para participar do concurso, o candidato deveria ter nível superior em Direito na modalidade bacharelado, além de inscrição comprovada na OAB, sem sanção impeditiva do exercício da função de advogado. A taxa de inscrição custou R$250.

3/5 - (1 vote)
1 comentário
  1. Marcos Paulo Diz

    Gostaria de fazer esses concursos públicos do judiciário eu tenho mais de 10 dez especialidades em Direito, porém deveria ter concurso público somente para PCD desde q tenha especialização, porém as avaliações para PCD deveria ser mais fácil como Português ditongo tritongo hiato separação de sílabas porque, para as PCD gabaritar as avaliações ,os concursos públicos para PCD deveria exigir especialização para as PCD consegue entrar no mercado de trabalho com suas especialidades, porém deveria ter concurso público somente para PCD, separado dos demais candidatos, porém com o conteúdo dás avaliações bem mais fácil para as PCD desde q tenha especialização principalmente nos concursos públicos do judiciário federal e estaduais.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.