Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Bolsa Família: veja estados em que a fila para o programa está maior

De acordo com informações do próprio Ministério da Cidadania, fila para entrar no Bolsa Família cresceu e atinge 1,2 milhão de pessoas

Algo em torno de 1,2 milhão de brasileiros estão neste momento na fila de espera para entrar no Bolsa Família. De acordo com o próprio Ministério da Cidadania, isso representa um aumento em relação ao que se viu anteriormente nos últimos meses. Cada vez mais indivíduos estão nesta situação.

Essa fila de espera é formada por pessoas que provaram ter o direito receber o Bolsa Família. São portanto cidadãos que estão em situação de vulnerabilidade social e que precisam de ajuda do governo. No entanto, por algum motivo, eles ainda não entraram de fato no projeto de transferência de renda.

De acordo com o Ministério da Cidadania, a fila atual conta com 1.168.765 pessoas. Todos eles estão com o cadastro ativo no Cadúnico e portanto atendem também a todos os critérios de seleção do programa. Só falta o mais importante: começar a receber o dinheiro. Isso ainda não começou a acontecer.

Segundo o Ministério, a grande maioria dos indivíduos que formam essa fila estão no Sudeste e no Nordeste. Essas são as duas regiões que mais registram pessoas em situação de vulnerabilidade. É portanto muita gente que precisa de dinheiro mas que não está recebendo nenhuma ajuda de nenhum governo neste momento.

O estado de São Paulo é o que tem o maior número de pessoas na fila. Cerca de 17% desses 1,8 milhão de brasileiros são de lá. A segunda posição vem com a Bahia, que tem 10% do total. O estado de Pernambuco completa esse top 3 com 8,9% desse contingente de cidadãos. O Rio de Janeiro vem na quarta posição com 8,5%.

Auxílio Emergencial

Vale lembrar que os indivíduos que estão na fila do Bolsa Família podem entrar no Auxílio Emergencial. Não há nenhum impedimento para isso nas regras oficiais do programa. De qualquer forma, isso só vale para as pessoas que já estão dentro.

Isso porque o Auxílio Emergencial não abre novas inscrições. Então quem está dentro continua recebendo e não vai perder o benefício porque entrou na fila do Bolsa Família. Pelo menos essa é a promessa do Governo Federal.

Hoje, de acordo com o Ministério da Cidadania, algo em torno de 37 milhões de brasileiros estão recebendo as parcelas do Auxílio Emergencial. São valores que variam entre R$ 150 e R$ 375 a depender do público que está pegando a quantia.

Novo Bolsa Família

As pessoas que estão na fila do Bolsa Família podem ter uma grande chance de entrar em um programa novo a partir de novembro. Trata-se portanto do Auxílio Brasil. É o benefício que vai justamente entrar no lugar do projeto atual.

De acordo com as informações oficiais, o texto da Medida Provisória (MP) do projeto está em tramitação no Congresso Nacional. O próprio Jair Bolsonaro entregou o documento nas mãos do Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL).

Em teoria, imagina-se que as pessoas que estão na fila do Bolsa Família ganharão prioridade para entrar no Auxílio Brasil. No entanto, o melhor agora é ter cautela. É que o Governo Federal ainda está estudando essas possibilidades.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.