Bolsa Família: Governo federal cancela benefícios de milhões de beneficiários

O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do Partido dos Trabalhadores (PT), cancelou o benefício de 1,8 milhão de famílias do programa Bolsa Família nos primeiros cinco meses deste ano. A informação foi divulgada pelo Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, em resposta à solicitação feita pelo Poder360 com base na Lei de Acesso à Informação (LAI).

Os cortes ocorreram após a equipe econômica anunciar a realização de uma revisão minuciosa na lista de beneficiários do Bolsa Família. Atualmente, cerca de 21,2 milhões de famílias são contempladas pelo Bolsa Família, representando uma redução de aproximadamente 400 mil famílias em relação a dezembro de 2022.

Revisão no programa social

O objetivo da revisão é identificar possíveis irregularidades e garantir que o benefício seja direcionado às famílias que realmente necessitam. O Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social informou que os cortes foram realizados com base em critérios técnicos e legais, visando aprimorar a eficiência do programa e evitar pagamentos indevidos.

O Bolsa Família é um programa social que busca combater a pobreza e a desigualdade por meio da transferência direta de recursos para famílias em situação de vulnerabilidade. O auxílio financeiro tem como objetivo garantir o acesso à alimentação, saúde, educação e outros direitos básicos.

No entanto, o cancelamento do Bolsa Família para 1,8 milhão de famílias gerou preocupação entre organizações sociais e movimentos que defendem a ampliação e fortalecimento dos programas de assistência social.

Esses grupos argumentam que os cortes podem impactar negativamente as condições de vida das famílias mais vulneráveis, especialmente em um momento de crise econômica e aumento da inflação.

O governo, por sua vez, destaca a importância de garantir a sustentabilidade e eficiência do programa, assegurando que os recursos públicos sejam direcionados de forma adequada e transparente. A revisão da lista de beneficiários é uma das medidas adotadas para promover uma gestão mais eficiente dos recursos destinados ao Bolsa Família.

Bolsa Família: Governo federal cancela benefícios de milhões de beneficiários
Bolsa Família: Governo federal cancela benefícios de milhões de beneficiários. Imagem: Divulgação

Calendário de junho do Bolsa Família

A partir da segunda quinzena de junho, o Governo Federal dará início ao pagamento do Benefício Variável Familiar (BVF), um adicional no valor de R$ 50, destinado aos beneficiários do programa Bolsa Família. Essa medida visa beneficiar especificamente gestantes, crianças a partir de 7 anos e adolescentes entre 12 e 18 anos. Confira o calendário deste mês:

 

NIS final Data de pagamento
1 19/06
2 20/06
3 21/06
4 22/06
5 23/06
6 26/06
7 27/03
8 28/03
9 29/03
0 30/03

 

Vale lembrar que o programa Bolsa Família estabelece um cronograma de pagamento baseado no último dígito do Número de Identificação Social (NIS) do titular do benefício. Essa organização permite que as famílias beneficiárias saibam quando poderão movimentar os recursos disponíveis por meio do aplicativo Caixa TEM, da Caixa Econômica Federal.

É importante destacar que as famílias beneficiárias devem observar o período específico estabelecido para cada mês, a fim de garantir o acesso aos recursos disponíveis. O aplicativo Caixa TEM é uma ferramenta prática e segura para realizar as movimentações financeiras e acompanhar o saldo disponível.

Para mais informações sobre o cronograma de pagamento ou eventuais dúvidas, as famílias podem entrar em contato com a Central de Atendimento da Caixa Econômica Federal ou acessar o site oficial do programa Bolsa Família.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.