ALERTA GERAL: Bolsa Família tem pagamento de junho ALTERADO e parcelas ultrapassam R$1 mil; veja como conseguir

O pagamento do Bolsa Família de junho está próximo de acontecer e o Governo Federal já confirmou que os repasses terão um novo valor a partir deste mês. Isso porque o início do segundo semestre do ano será marcado por novos acréscimos no pagamento do programa.

Desde março, o Governo Federal começou a instituir a política de adicionais financeiros. Dessa forma, as famílias que mais necessitam poderão receber um valor maior nas parcelas.

Assim, os inscritos no Bolsa Família poderão receber mais de R$ 1 mil do programa mensalmente a partir deste mês. A seguir, veja o que mudou e o que fazer para receber mais.

Quem vai receber o Bolsa Família acima de R$ 1 mil?

Recentemente, o Senado aprovou a Medida Provisória (MP) que institui o novo Bolsa Família. O texto, que também teve a aprovação do Congresso, agora segue para a sansão do presidente Lula, que deverá ocorrer em breve.

De acordo com as novas regras, o Bolsa Família terá vários adicionais, de acordo com a composição familiar dos beneficiários. Com a MP, o governo instituiu o pagamento mínimo de R$ 142 por pessoa, bem como também garante que cada família não poderá receber menos do que R$ 600 ao total.

Além disso, a composição familiar irá definir os novos acréscimos que os beneficiários irão receber. Confira quais são eles:

  • R$ 150 para as crianças de até 6 anos de idade;
  • R$ 50 para as gestantes;
  • R$ 50 para lactantes (mães que amamentam);
  • R$ 50 para crianças entre 7 e 12 anos incompletos;
  • R$ 50 para jovens entre 12 e 18 anos incompletos.

Dessa maneira, uma família que possui em sua composição três crianças de até 6 anos, irá receber o pagamento mensal de R$ 1.050,00 do Bolsa Família. Além disso, é válido destacar que este valor pode ser ainda maior, a depender da composição familiar.

Benefício extra também estará disponível em junho

Cerca de 5,5 milhões de famílias brasileiras poderão comemorar o pagamento de mais um benefício extra em junho. Trata-se do Auxílio Gás, que terá os repasses seguindo o mesmo calendário do Bolsa Família.

O programa realiza o pagamento bimestral para o custeio do gás de cozinha dos inscritos. Dessa forma, o valor do repasse é o equivalente a 100% da média nacional do botijão de 13kg.

A expectativa é de que o valor da parcela de junho seja de R$ 110, ao observar a média dos últimos meses. Assim, as famílias poderão contar com mais um benefício para completar a renda este mês.

O que fazer para receber os acréscimos do Bolsa Família?

ALERTA GERAL: Bolsa Família tem pagamento de junho ALTERADO e parcelas ultrapassam R$1 mil; veja como conseguir
Bolsa Família tem pagamento de junho ALTERADO e parcelas ultrapassam R$1 mil. Imagem: Lula Marques / Agência Brasil

Em primeiro lugar, é importante lembrar que, para participar do Bolsa Família, o grupo familiar deve ter renda mensal de até R$ 218 per capita (por pessoa). Além disso, deve estar inscrita no CadÚnico (Cadastro Único do Governo Federal para Benefícios Sociais).

A concessão do benefício ocorre de forma automática, através do cruzamento de informações da base de dados do governo. Para se cadastrar no CadÚnico, o responsável familiar deve se dirigir ao CRAS (Centro de Referência e Assistência Social) do seu município.

Ademais, para receber os pagamentos mensais do programa  e garantir o recebimento dos acréscimos, é indispensável que o cadastro no CadÚnico esteja atualizado. Em suma, é preciso realizar a atualização sempre que algum dado familiar mudar, como a renda, endereço, quantidade de membros da família, entre outras informações.

Além disso, a atualização deve ocorrer a cada dois anos, mesmo se não houver nenhuma mudança. A atualização do Cadastro Único também é realizada no CRAS.

Calendário de pagamentos

O calendário de pagamentos de junho já foi divulgado e os repasses terão início no próximo dia 19. A Caixa Econômica Federal é a responsável por realizar os depósitos de acordo com o último número do NIS (Número de Identificação Social) dos beneficiários.

A seguir, confira o calendário oficial do Bolsa Família de junho:

  • Final de NIS 1: 19 de junho;
  • Final de NIS 2: 20 de junho;
  • Final de NIS 3: 21 de junho;
  • Final de NIS 4: 22 de junho;
  • Final de NIS 5: 23 de junho;
  • Final de NIS 6: 26 de junho;
  • Final de NIS 7: 27 de junho;
  • Final de NIS 8: 28 de junho;
  • Final de NIS 9: 29 de junho;
  • Final de NIS 0: 30 de junho.

É possível sacar o benefício por meio dos caixas eletrônicos das agências da Caixa, casas lotéricas e correspondentes. Ademais, os beneficiários também podem movimentar o saldo disponível por meio do aplicativo Caixa Tem.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.