Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Bolsa Família com acréscimo de 50% no valor atual; veja

Com a popularidade já estabelecida com o auxílio emergencial em 2020 e 2021, o presidente da república, Jair Bolsonaro, está estudando ampliar o programa social de distribuição de renda, o Bolsa Família.

O presidente pretende atender um número maior de famílias, que atualmente são aproximadamente 14 milhões. Além disso, há discussões para o valor do benefício seja acrescido em até 50%, podendo chegar a R$ 300.

Em 2020, a previsão de aumento para o Bolsa Família estabelecida na proposta de Lei Orçamentária enviada ao legislativo era de 18,22%. Sendo assim, o Governo passaria a investir R$ 34,8 bilhões no programa social.

Anteriormente, o montante destinado a custear o benefício não passava de R$ 29,4 bilhões. De acordo com o Ministério da Economia, o índice crescente de recursos financeiros a programas sociais se deve a contratempos socioeconômicos ocasionados pela pandemia decorrente da Covid-19.

Estratégias para 2022

Segundo opiniões de analistas políticos, a estratégia do presidente Bolsonaro seria promover mais visibilidade ao programa garantido sua popularidade. Isso porque, em 2022 o país passará por mais uma eleição a nível federal.

Neste sentido, ajudar mais a população brasileira através de programas mais eficientes facilitaria e resultaria uma opinião mais positiva ao atual presidente do Brasil.

Promoções por políticas sociais

Após o fim dos pagamentos do auxílio emergencial no ano passado, que ajudou mais de 68,2 milhões de pessoas com parcelas de R$ 600 e R$ 300, a popularidade positiva do presidente era nítida.

No entanto, mesmo diante tais afirmações, desde o início do ano até o momento, Bolsonaro não tem se destacado como gostaria. Seguindo este princípio, o presidente pretende deixar sua marca no Bolsa Família, que pode se chamar “Alimenta Brasil”.

Além disso, o novo programa deve contar com várias outras medidas de apoio, como Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o auxílio-creche. Vale ressaltar que somados esse benefício o valor seria de R$ 600.

Contudo, a previsão dada pelo Ministério da Cidadania é que o programa esteja pronto em outubro 2021. A equipe também trabalha com projeções que devem aumentar o valor do benefício, indo para R$ 250.

Veja também: Auxílio: Caixa também vai antecipar quarta parcela do benefício

9 Comentários
  1. Juliana Diz

    O meu filho está como se fosse meu marido no Dataprev tenho três filhos não posso trabalhar porque tenho um filho especial não tenho reda desdo ano passado que está assim no Dataprev tirarão meu direito de ser mãe chefe de família meu filho tem 18 anos e está como se fosse meu marido e não tenho marido 😔

  2. RONALDO LOUZADA LOUZADA Diz

    O Maldito StF quer empurrar o Inpestiado do Criminoso de São Bernardo, goela abaixo do Povo de qualquer jeito, eles podem até abrir a Porteira pra ele e seus asceclas, já que eles tem a vida Perene e eterna, mais terão muito chão pela frente, e esqueceram de Perguntar o que eles querem impor a Sociedade, o Machado já foi lançado a Raiz das Árvores.

  3. Edriano dos Santos Barbosa Diz

    eu gostaria de o vale gas

  4. Lourdes Maria de Souza Alves Diz

    Broquearam meu bolsa família pra dar o auxílio mais o bolsa eu pego mais o auxílio é menos porque espero resposta

  5. Fabiana Diz

    Olha 120 reais de bolsa família não dá pra fazer ND . agora pq auxílio emergencial o valor é maior então poderia ser liberado auxílio emergencial pra nós q só recebemos bolsa família ou aumenta o valor pra nós tbm

  6. Luciana Diz

    Gente,o bolsonario não é mágico não,ele já pegou esse país na merda,ele está fazendo até d++++++, só gostaria de estar recebendo o auxílio como no ano passado,pois recebo bolsa família,130 e meu filho nem tem pai,ele faleceu em janeiro desse ano,e estou na pior.,affsss.

  7. Luciana Diz

    Gente,o bolsonario não é mágico não,ele já pegou esse país na merda,ele está fazendo até d++++++, só gostaria de estar recebendo o auxílio como no ano passado,pois recebo bolsa família,130 e meu filho nem tem pai,ele faleceu em janeiro desse ano,e estou na pior.,e ainda para piorar,estou desempregada, affsss

  8. Sandra Maria Oliveira cidade Turiaçu MA Diz

    Já que vc quer amentar bolsa família porque vc não faz logo isso porque tem muita pessoa que não está recebendo auxílio ou vc amentar mais o auxílio

  9. Márcia Diz

    To nem ai pra Bolsa Família . Quero Bolsonaro FORAAAAAAAA o qto antes

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.