Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (1 vote)

Banco Central: Relatório de Estabilidade Financeira (REF)

O Banco Central do Brasil (BC) divulgou recentemente o Relatório de Estabilidade Financeira (REF) referente ao primeiro semestre de 2021. 

Conforme informações do BC, o Banco Central do Brasil (BC) divulgou recentemente o Relatório de Estabilidade Financeira (REF) referente ao primeiro semestre de 2021. 

De acordo com informações oficiais, o REF é uma publicação semestral destinada a apresentar o panorama da evolução recente e as perspectivas para a estabilidade financeira no Brasil.

Banco Central divulga o Relatório de Estabilidade Financeira (REF)

Sendo assim, o BC avalia que não há risco relevante para a estabilidade financeira. Visto que, no primeiro semestre de 2021, o Sistema Financeiro Nacional (SFN) manteve as provisões elevadas, as perdas esperadas com crédito se reduziram, a capitalização do sistema bancário melhorou, e a liquidez manteve-se confortável, informa o Banco Central.

Recuperação econômica

O REF informa que a recuperação econômica permitiu que as empresas de capital aberto melhorassem a situação econômico-financeira e que as empresas de grande porte voltassem ao mercado de capitais. 

Empresas de menor porte, por sua vez, impulsionaram o crédito bancário, mesmo com o arrefecimento dos programas emergenciais de crédito, informa o BC. Sendo assim, a expansão do crédito a pessoas físicas é condizente com os fundamentos econômicos e ocorre em praticamente todas as modalidades.

Redução de risco de crédito materializado

De acordo com o REF, o percentual de ativos problemáticos na carteira de crédito, que representa o risco de crédito materializado, reduziu levemente no primeiro semestre de 2021, devido principalmente ao crescimento da carteira e às repactuações.

A rentabilidade dos bancos retornou ao nível pré-pandemia

Além disso, a rentabilidade dos bancos retornou ao nível pré-pandemia. A principal causa para a recuperação da rentabilidade é o menor volume de despesas com provisões, informa o documento oficial do BC. A inadimplência sob controle e a materialização de perdas aquém do esperado sugerem que não haverá alteração significativa nas despesas com provisões no curto prazo, o que é bastante positivo para a economia que está em recuperação.

Sendo assim, a melhora na base de capital e os resultados dos testes de estresse continuam demonstrando a solidez e a resiliência do sistema bancário. O BC informa que todas as instituições financeiras atendem aos requerimentos mínimos prudenciais e continuariam atendendo mesmo que considerassem apenas o capital principal, de melhor qualidade.

O REF também traz avaliações sobre o sistema financeiro internacional e as infraestruturas do mercado financeiro, bem como, apresenta o resultado da pesquisa de estabilidade financeira.

Temas selecionados pelo BC para esta edição do REF

Além disso, os seguintes temas foram selecionados para esta edição: 

  • (i) panorama dos programas emergenciais de crédito bancário; 
  • (ii) endividamento e comprometimento de renda dos tomadores de crédito; (iii) panorama do financiamento imobiliário às pessoas físicas; 
  • (iv) panorama do financiamento de veículos às pessoas físicas; 
  • (v) considerações sobre a resiliência operacional das infraestruturas do mercado financeiro; 
  • (vi) riscos sociais, ambientais e climáticos; (vii) aprimoramento do mercado de câmbio, inovações tecnológicas e novos modelos de negócio e 
  • (viii) fluxos de investimento em portfólio em economias emergentes e normalização da política monetária dos EUA, conforme informações oficiais do Banco Central do Brasil. 

Para acessar o Relatório de Estabilidade Financeira do 1º semestre de 2021 acesse o site oficial do BC. 

5/5 - (1 vote)

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.