Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (1 vote)

Banco Central divulga as estatísticas do setor externo

Banco Central divulga as estatísticas do setor externo. Veja os números referentes ao déficit em transações, exportações de bens, etc.

Confira as estatísticas do setor externo conforme informações do BC – balanço de pagamentos

Conforme informações do Banco Central, as transações correntes registraram superávit de US$1,7 bilhão em agosto de 2021, ante saldo positivo de US$1,0 bilhão em agosto de 2020. 

Sendo assim, na comparação interanual, o superávit comercial aumentou US$702 milhões, enquanto a redução no déficit em renda primária, US$232 milhões, foi parcialmente compensada pelo aumento no déficit em serviços, US$124 milhões. 

Déficit em transações correntes nos doze meses 

O BC informa que o déficit em transações correntes nos doze meses encerrados em agosto de 2021 somou US$19,5 bilhões (1,23% do PIB), ante US$20,2 bilhões (1,30% do PIB) em julho de 2021, e US$35,7 bilhões (2,26% do PIB) em agosto de 2020.

Além disso, conforme informa o BC, a balança comercial de bens foi superavitária em US$5,6 bilhões em agosto de 2021, ante superávit de US$4,9 bilhões em agosto de 2020.

Exportações de bens

As exportações de bens totalizaram US$27,4 bilhões em agosto de 2021, aumento de 56,0% ante agosto de 2020, e as importações somaram US$21,7 bilhões, incremento de 72,4% na mesma base de comparação. As importações de agosto de 2021 incluíram US$1,1 bilhão em operações associadas ao Repetro (US$433 milhões em agosto de 2020), informa o Banco Central do Brasil. 

O déficit na conta de serviços

Por outro lado, o BC informa que o déficit na conta de serviços totalizou US$1,6 bilhão em agosto de 2021, aumento de 8,6% em relação a agosto de 2020.

A conta de viagens internacionais registrou despesas líquidas de US$195 milhões no mês, ante US$123 milhões em agosto de 2020. As despesas líquidas de aluguel de equipamentos somaram US$611 milhões em agosto de 2021, redução de 32,2% na comparação com agosto de 2020, influenciada pela nacionalização de equipamentos no âmbito do Repetro. 

Despesas líquidas de serviços de propriedade intelectual 

O BC informa que as despesas líquidas de serviços de propriedade intelectual totalizaram US$417 milhões em agosto de 2021 ante US$277 milhões registrados em agosto de 2020, correspondendo a crescimento interanual de 50,4%. Em linha com a expansão do volume de comércio, as despesas líquidas de transporte aumentaram US$291 milhões na comparação interanual, totalizando US$410 milhões em agosto de 2021.

Déficit em renda primária 

Sendo assim, em agosto de 2021, o déficit em renda primária totalizou US$2,6 bilhões, redução de 8,2% em relação a agosto de 2020. As despesas líquidas de lucros e dividendos, associadas aos investimentos direto e em carteira, totalizaram US$1,8 bilhão em agosto de 2021, patamar semelhante ao observado em agosto de 2020. As despesas líquidas com juros somaram US$794 milhões no mês, ante US$986 milhões registrados em agosto de 2020, informa o Banco Central do Brasil. 

5/5 - (1 vote)

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.