Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (1 vote)

Banco Central alerta sobre golpes envolvendo o nome da instituição 

O Banco Central alerta o cidadão sobre diversos golpes que são aplicados envolvendo o nome da instituição. Saiba mais detalhes!

O Banco Central alerta o cidadão sobre diversos golpes que são aplicados envolvendo o nome da instituição. Conforme informações oficiais do BC, com a intenção de convencer o cidadão a transferir valores ou a realizar pagamentos indevidos, o golpista geralmente apresenta ofertas de empréstimos, financiamentos e produtos muito vantajosos.

Banco Central alerta sobre golpes envolvendo o nome da instituição 

Por isso, é importante que o cidadão desconfie e não acesse links enviados por diversos meios (SMS, Whatsapp, e-mail etc). Além disso, o Banco Central reforça que o golpista envia mensagens, cartas e e-mails fraudulentos que exibem a marca do Banco Central ou ainda, podem aplicar o mesmo tipo de golpe fazendo uso de outros nomes de instituições financeiras.

Confira a veracidade das informações recebidas 

Por isso, o BC reforça que, caso você receba uma comunicação do Banco Central e tenha dúvidas sobre a sua veracidade, é possível confirmá-la em um dos seus canais de atendimento, seja por telefone 145 ou através do Fale Conosco.

Da mesma forma, é possível que entre em contato com as demais instituições bancárias e confirme a veracidade de cartas, boletos ou outras informações. Além disso, nunca transmita dados por telefone, como suas senhas, por exemplo.

Dessa forma, o Banco Central alerta o cidadão para que fique atento às principais modalidades de golpe no mercado e tome os cuidados sugeridos pelo Banco Central (BC).

O BC informa em seu site oficial que não tem competência para investigar crimes

O BC informa em seu site oficial que não tem competência para investigar crimes. Por isso, caso você tenha sido vítima de golpe, a instituição recomenda que você procure a polícia, para que possam ser instaurados procedimentos investigatórios e eventuais ações penais.

Além disso, o BC ressalta que, caso queira, pode entrar em contato com a instituição financeira beneficiária do recurso para buscar esclarecimentos sobre a sua situação, seja no local do atendimento, no Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) ou na ouvidoria da instituição.

Registro de reclamação e poder judiciário 

Dessa forma, o BC ressalta que caso a situação não seja resolvida e você continue insatisfeito, é possível recorrer aos órgãos de defesa do consumidor (Procon do seu estado) ou ao Poder Judiciário para buscar reparação do dano.

Além disso, a vítima do golpe também pode registrar uma reclamação contra a atuação da instituição financeira no BC.  Conforme informações do Banco Central, a orientação para a vítima do golpe é que a reclamação seja registrada contra a instituição recebedora dos valores indevidos, ou seja, a instituição onde o suposto golpista possui conta.

5/5 - (1 vote)
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.