Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4.3/5 - (16 votes)

Auxílio Gás confirmado no valor de R$50

Auxílio Gás confirmado no valor de R$50. A boa notícia é que o benefício já foi aprovado no Legislativo e no momento segue aguardando sanção do presidente da república, Jair Bolsonaro, para ser implementada. A expectativa é liberar a medida até o mês de dezembro.

Veja também: NUBANK confirma que vai dar R$ 50 de crédito via aplicativo

A liberação do benefício ocorre em um momento importante, sobretudo porque atualmente os valores dos botijões não param de subir.

O Governo Federal vai liberar uma quantia equivalente a 40% do valor comercializado do botijão de gás de 13kg para as famílias em situação de vulnerabilidade social e econômica. Sendo assim, estima-se que o valor de R$ 50 será concedido a cada dois meses para os contemplados.

De acordo com o texto, o benefício terá duração inicial de cinco anos, com um custo de R$ 592 milhões oriundos dos royalties da produção de petróleo e gás natural e do Orçamento Geral da União, além dos dividendos da estatal repassados pelo Tesouro Nacional.

Como ter acesso ao benefício?

Ainda de acordo com o texto da proposta, os interessados devem estar inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) e ter uma renda per capita familiar igual ou inferior a um salário mínimo (R$ 550).

Além desses, também serão contempladas as famílias que possuem em sua composição segurados do BPC (Benefício de Prestação Continuada) e mulheres vítimas de violência doméstica sob cuidados de medidas protetivas.

Vale ressaltar que para fazer a inscrição no CadÚnico, a família deve escolher um representante de no mínimo 16 anos de idade e preferencialmente do sexo feminino. Escolhido o responsável, basta comparecer ao CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) e apresentar a documentação necessária.

Neste caso, será necessário estar com o seu CPF ou título de eleitor em mãos e ceder pelo menos um dos documentos citados abaixo de cada membro da família:

  • Certidão de Nascimento;
  • Certidão de Casamento;
  • CPF;
  • Carteira de Identidade – RG;
  • Carteira de Trabalho;
  • Título de Eleitor;
  • Registro Administrativo de Nascimento Indígena (RANI) – somente se a pessoa for indígena.
4.3/5 - (16 votes)

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

5 Comentários
  1. Maria Cícera de Almeida Teixeira Diz

    Estou precisando muito sou solteira e pago aluguel e tenho duas crianças

  2. Joana dark Fernandes Diz

    Recebo o bolsa família já fiz o recadastramento mais não não consigo assesar o meu cadastro único aparece assim pessoa não localizada não entendo pq está acontecendo isto

  3. Maurício Diz

    O PAGAMENTO SERA ATRAVÉS DO AUXILIO BRASIL…SERA VEM JUNTO VALOR OBRIGADO

  4. Maria José Rodrigues Diz

    Milha mãe ta precisando muito de ajuda

  5. Laisa Regina Negrini Dias Diz

    Quero muito ainda receber o auxílio
    Se eu Nao receber mais o auxílio gostaria de receber o vale gás ou auxilio brasil porque as coisas andam alimentando muito conta de luz conta de água e gás tudo muito caro o Brasil não aguenta mais boa tarde🙏🌟🎅🎍💯Amo meu Brasil com tudo muito caro kkkkkk

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.