Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio Emergencial: Veja o calendário da 3ª parcela com depósitos e saques

A terceira parcela do auxílio emergencial 2021 também foi antecipada. Assim, recebem nesta quarta-feira (23) os beneficiários nascidos em maio. A expectativa é que todos os grupos, incluindo os inscritos no Bolsa Família, recebam o terceiro pagamento ainda este mês.

Vale ressaltar que, os valores que estão sendo distribuídos variam conforme a composição familiar, sendo:

  • R$ 150 destinado a famílias compostas de um único integrante;
  • R$ 375 liberado para famílias em que as mães são provedoras do lar; e
  • R$ 250 distribuído para as demais famílias.

Calendário da terceira parcela do auxílio emergencial

Nascidos emDepósitos do benefícioSaques em espécie do benefício
Janeiro18 de junho1 de julho
Fevereiro19 de junho2 de julho
Março20 de junho5 de julho
Abril22 de junho6 de julho
Maio23 de junho8 de julho
Junho24 de junho9 de julho
Julho25 de junho12 de julho
Agosto26 de junho13 de julho
Setembro27 de junho14 de julho
Outubro29 de junho15 de julho
Novembro30 de junho16 de julho
Dezembro30 de junho19 de julho

Não recebem o auxílio emergencial:

  • Empregado formal com carteira assinada;
  • Membro de família com renda mensal acima de três salários mínimos (R$ 3,3 mil);
  • Residente no exterior;
  • Cidadãos que recebem benefício previdenciário, assistencial ou trabalhista, exceto Bolsa Família e Pis/Pasep;
  • Bolsistas, estagiários, residentes médicos ou residentes multiprofissionais;
  • Pessoas que receberam rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2019;
  • Quem tinha, em 31 de dezembro de 2019, bens ou direitos com valor total superior a R$ 300 mil;
  • Quem recebeu em 2019 rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, com soma superior a R$ 40 mil;
  • Esteja preso em regime fechado ou tenha CPF vinculado à concessão de auxílio-reclusão;
  • Tenha menos de 18 anos, exceto mães adolescentes;
  • Tenha tido o auxílio emergencial em 2020 cancelado;
  • Não tenha movimentado valores do auxílio emergencial em 2020.

Veja também: Modificação concederia mais de R$ 3000 de Auxílio Emergencial a pais solteiros 

4 Comentários
  1. João carlos da silva medeiros Diz

    Tenho direito tenho CNPJ

  2. Sumaia Diz

    Milhares de auxílio de mães solo estão bloqueados queremos uma resposta.

  3. Natalicio martins da silva noa resebe auxilio porq cortaro ele presiza ta dezimpregado Diz

    Natalicio martins da silva noa. Resabe auxilio poque cortaro ele ta desimpregado ele presiza do auxilio cpf 05152642964

    1. Lessa Diz

      Olá, nunca deixe número de documento assim exposto nas redes sociais. Tem muitos golpistas que aproveita dessa falha do cidadão e se apossa para cometerem fraudes.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.