Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4.1/5 - (27 votes)

Auxílio emergencial terá parcela retroativa para os beneficiários

De acordo com o Ministério da Cidadania, cerca de 1,3 milhão de pessoas serão contempladas com a parcela retroativa do programa.

No fim do ano passado, o Governo Federal confirmou mais uma nova rodada de pagamentos do Auxílio Emergencial. De acordo com o Ministério da Cidadania, cerca de 1,3 milhão de pessoas serão contempladas com a parcela retroativa do programa.

Vale lembrar que os primeiros repasses já aconteceram em janeiro deste ano, e atenderam cerca de 823,4 mil cidadãos. No entanto, ainda restam mais de 450 mil pessoas receberem o valor do pagamento atrasado de até R$ 3 mil.

A nova distribuição está sendo realizada devido a não concessão das cotas duplas do auxílio aos pais solteiros chefes de família monoparental. Durante os meses de abril e agosto de 2020, apenas as mães solteiras na mesma situação receberam os valores de R$ 1.200.

Na ocasião, os pais solos beneficiários recebiam apenas as cotas simples de R$ 600. Por esse motivo, é possível que o cidadão receba de forma retroativa uma parcela que varia de R$ 600 a R$ 3 mil, a depender do mês em que começou a ser atendido pelo programa.

Quem tem direito ao Auxílio Emergencial retroativo?

Segundo o Ministério da Cidadania, para receber o benefício retroativo é preciso cumprir os seguintes requisitos:

  • Estar desempregado;
  • Fazer parte de família incluída no Bolsa Família em abril de 2020;
  • Ter o Cadastro Único (CadÚnico) atualizado;
  • Ter renda bruta mensal de até três salários mínimos (R$ 3.636) ou ter renda per capita mensal igual ou inferior a meio salário mínimo (R$ 606);
  • Ser solteiro e comprovar não possuir cônjuge ou companheira(o);
  • Ter recebido o auxílio emergencial pago entre abril e agosto de 2020; e
  • Ter na família com ao menos uma pessoa menor de 18 anos de idade.

Para conferir se tem direito ao benefício, o interessado pode acessar o site oficial da Dataprev, informando o número do seu CPF, data de nascimento, nome completo, nome completo da sua mãe. Caso não saiba a última informação, marque a opção “Mãe desconhecida”.

Qual o valor do Auxílio Emergencial retroativo?

O valor do benefício retroativo varia conforme o mês de aprovação do cidadão no programa, considerando os repasses entre os meses de abril e agosto de 2020. Veja os valores:

  • Recebeu as 5 primeiras parcelas: R$ 3.000;
  • Começou a receber em maio: R$ 2.400;
  • Começou a receber em junho: R$ 1.800;
  • Começou a receber em julho: R$ 1.200;
  • Começou a receber em agosto: R$ 600.
4.1/5 - (27 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

20 Comentários
  1. Valdemir Bispo Cardoso Diz

    Já quê há o retroativo R$ 3000 reconhecido pelo Governo Federal.seria muito bom se o Governo pagasse logo em uma só parcela já quê é retroativo.

  2. Glaucilene Diz

    Desde o início recebi 600 sendo mãe solteira sendo que várias tendo conjugue receberam 1200 já conferir e o sistema diz que vou receber e até hoje não recebi nada não dá pra entender

  3. Lacilda vitalino Diz

    Boa tarde alguem de vocs sabem mim enformar onde eu pesquiso pra saber se fui aprovado pela justiça?

  4. Gilmar Diz

    Porque essa enrrolaçao desse auxilio que nunca sai

  5. Fatima Diz

    Por

  6. Amelino Diz

    agora só falta os do bolsa família a receber já pagaram dia duas vez

  7. Ligia Diz

    Bom dia.
    Gostaria de saber como eu faço para receber as parcelas, pois em janeiro de 2020, fiquei desempregada, logo após veio essas parcelas. Então eu estava recebendo o seguro desemprego, depois tentei me cadastrar no site não consegui, fui até no local que atualiza o cadastro do bolsa família por várias vezes e não conseguiu, pois avisa filha no sistema, não tava cadastrando e etc. Depois retornei la novamente me passaram um número para agendar a visita no local para ser efetuada a atualização do cadastro. Passando p tempo só tive sucesso em janeiro 2022. Ou seja gostaria de pedir pra ser mais fácil para todos nós. Sou mãe solteira tenho 2 filhas e me encontro desempregada. Então seria justo receber as parcelas que não consegui depois do meu seguro desemprego. Pois recebi as parcelas do seguro até julho de 2020. Desde então não consegui cadastrar e nem receber nenhuma parcela. Como citei no início da conversa.

  8. Ludymila Diz

    Não entendi o porqie de eu não ter recebido essa parcela do auxílio , me enquadro em todos os requisitos requeridos e até agora não caiu nada na minha conta uma palhaçada mesmo

  9. Elizabeth da silva melo Tavares Diz

    Recebi o primeiro auxílio qd foi lançado e a segunda vez que saiu não recebi mais passei por dificuldades e qd fiz o cadastro fui negada disseram que já tinha alguém na família que recebia no meu endereço mais não tem ninguém então queria fazer um apelo para que eu volte a receber estou desempregada

  10. Verônica Guindane Diz

    Sou Mei, estou sem trabalho há meses e o governo sabe, pois não estou emitindo NFC, mas só recebi as primeiras 5 parcelas de R$600.

  11. Ester Costa Maçêdo Diz

    Eu so recebe uma quatro ou cinco parcela de 600. Em 2020. Ai nao caiu mais. Ai agora que meu bolsa familia coi aprovado. Ja recebe tres parcela de 400

  12. Ailton de Sousa Barbosa Diz

    Quando vai ser liberado o auxílio emergencial.

  13. Fernando Brás Rosas Diz

    PORRA, QUERO SABER SE IRÁ TER PARCELAS RETROATIVA, ROTATIVA, TRANSLATIVA, O QUE ME INTERESSA É SABER O DIA, HORA, ANO. CACETE, ESSES MERDAS ESTÃO BRINCANDO COM A PACIÊNCIA DO POVO BRASILEIRO. NA HORA DA ELEIÇÃO, A MAIORIA DOS POLÍTICOS, IRÃO FICAR COM O “CU” NA MÃO ✋ PRA SABER SE IRÃO SER ELEITOS.

  14. Edna Vieira da Costa Diz

    O meu auxílio emergencial também foi cortado eu faço parte do cadastro único e sou diarista oque eu faturo no mês e 500 reais

  15. Valquiria Diz

    Sou mãe solteira as parcela de 1.200,00 recebe de 600,00 as de 600,00 recebe de 300,00 as de 300,00 recebe de 150,00 e tenho certeza que não foi só eu deveria procurar saber sobre isso tbm pra muitas mães solteira receberam como solteiras como se não tivessem filhos muitas pessoas com muita dificuldade foram negadas o auxílio e muitas pessoas sem dificuldades receberam sem dificuldade nem uma acho uma sacanagem do governo sobre isso

  16. Antônio Marcos Gomes da Silva Diz

    Preciso do auxílio retroativo para pais solteiros pois preencho todos os prés requisitos. Tenho direito ou não?

  17. Cleidilene Diz

    Quando vai liberar esse auxílio .. alguém sabe me informar ??

  18. WiLSON PEREiRA DA SiLVA Diz

    PAZ SEJA CONVOSCO AMÉM FAMiLiAS – EU WiLSON DiGO EM NOME DO SENHOR JESUS ViVO ; MEU COMENTARiO É QUE ELES PODiAM MESMO ERA AJUDAR AQUELES QUE PRECiSAM DE RECEBER 1 SALÁRiO MiNiMO POR MÊS ; ASSiM COMO EU MEREÇO ESTAR GANHANDO ; POR EXEMPLO EU ESTAVA RECEBENDO 1 BENEFiCiO LOAS ATÉ O MÊS DE MAiO DE 2016 ; E NÃO SEi O PORQUE ELES CORTARAM O BENEFiCiO SENDO QUE EU SOU BRASiLEiRO E MEREÇO ESTAR RECEBENDO O SALÁRiO MiNiMO ATÉ O BOM MOMENTO CHEGAR ; E DEPOiS SiM ELES FiCARiAM COM O BENEFiCiO PRA ELES DÊ VOLTA ; PORQUE O DiNHEiRO É DELES MESMO AMÉM . HÃ JÁ iA ME ESQUECEMOS DE 1 COiSA MUiTO EMPORTANTE : O FiM DO MUNDO TERRENO PODE ACONTECER Á QUALQUER MOMENTO ; PROCUREM ViGiAR E ORAR AMÉM .

  19. ERISVALDO Diz

    Ate agora nada de cair esse dinheiro

  20. Mônica Rosane Redivo Diz

    Eu fui negada no auxílio emergencial. Passei muita dificuldade. Hoje estou aqui cm depressão e outras coisas mais. Coloquei na justiça em Linhares e tudo terminou em pizza. Só fiz gastar o que não tinha cm cartório. Esse sofrimento reflete na minha vida até hoje. Tenho 52 anos,nunca pensei em passar por tanto sofrimento. Esse é o Brasil

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.