Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.6/5 - (8 votes)

Auxílio Emergencial terá pagamento no valor de R$ 3 mil ainda em dezembro; veja quem recebe

A recente aprovação da Câmara dos Deputados garante o pagamento de uma parcela extra do Auxílio Emergencial no valor de R$ 3 mil para os homens chefes de família que não possuem cônjuges.

Os pais solteiros que receberam do Auxílio Emergencial parcelas iguais às do público geral poderão receber o complemento de seu benefício ainda neste mês de dezembro. Isso porque, a Comissão Mista de Orçamento da Câmara dos Deputados aprovou o PLN 43/21, que solicita o valor de R$ 2,8 milhões para os pagamentos retroativos.

Veja também: Auxílio Brasil com pagamentos de R$ 400 para todos

Auxílio Emergencial de R$ 3 mil

A recente aprovação da Câmara dos Deputados garante o pagamento de uma parcela extra do Auxílio Emergencial no valor de R$ 3 mil para os homens chefes de família que não possuem cônjuges.

O pagamento retroativo refere-se as primeiras cinco parcelas concedidas em 2020 no valor de R$ 600, que na ocasião só foram repassadas as mulheres chefes de famílias monoparentais. Na mesma época o presidente Jair Bolsonaro havia vetado que a distribuição das cotas duplas fossem destinadas ao pais solteiros.

Todavia, em julho deste ano, o veto do chefe de Estado foi derrubado pelo Congresso Nacional, viabilizando os pagamentos complementares apenas agora para este grupo de beneficiários. Lembrando que ainda não há um calendário definido, mas a expectativa é que sejam liberados ainda em dezembro.

Segundo o Ministério da Cidadania, cerca de 940 mil famílias serão beneficiadas com o repasse retroativo. A previsão é atender inicialmente os homens que não estão recebendo do Auxílio Brasil e que não são inscritos no CadÚnico.

Como consultar a nova parcela do Auxílio Emergencial?

Os pais solteiros que se encaixam nas condições de aprovação da parcela complementar podem acessar o site da Dataprev, empresa responsável pelo processamento dos dados, para consultar o benefício.

Basta informar o número do CPF, o nome completo, data de nascimento e nome completo da mãe. O resultado da avaliação será exposto na tela. Vale ressaltar que os pagamentos provavelmente serão realizados por meio do Caixa Tem, aplicativo repasses de benefícios sociais.

3.6/5 - (8 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

6 Comentários
  1. Valdici Maria da Conceição Diz

    Valdici Maria da Conceição eu gostaria de receber o auxílio Brasil não tenho emprego aluguel atrasado peço ajuda silma.dilma678@gmail.com 82 993242281

  2. Josimari dos santos pereira Diz

    Precisamos do décimo quarto salário estou desempregada recebo uma pensão por morte no valor de 550 reais mais precisei fazer empréstimo ainda tem as contas não sobra nada

  3. Rosinalva Ferreira MAGAVE Diz

    Eu tenho três filho eu não estou trabalhando preciso de ajuda será quer vou recebê o auxílio brasil

  4. Camillegomes Diz

    Quem precisa mesmo tá passando fome

  5. Silmara evangelista Alves Da Silva Diz

    Eu tenho cinco filhos não recebi auxílio emergencial tô tentando receber o bolsa família e não consigo e ninguém me ajuda aí eu tô desempregada e preciso muito desse auxílio tem contato no meu e-mail por favor e vou colocar meu telefone para entrar em contato comigo meu telefone 11 9 78 36 23 52 obrigado

  6. Silmara evangelista Alves Da Silva Diz

    Eu tenho cinco filhos não recebi auxílio emergencial tô tentando receber o bolsa família e não consigo e ninguém me ajuda aí eu tô desempregada e preciso muito desse auxílio tem contato no meu e-mail por favor e vou colocar meu telefone para entrar em contato comigo meu telefone 11 9 9 78 36 23 52 obrigado

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.