Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

2.9/5 - (12 votes)

Auxílio emergencial terá pagamento de parcela extra; veja quem pode

Os cidadãos que foram aprovados para o recebimento do último pagamento do programa, receberão o benefício neste mês de novembro.

Os brasileiros que contestaram a decisão do Governo Federal sobre a negativa para o recebimento da sétima parcela do Auxílio Emergencial  já tiveram suas solicitações analisadas. Os cidadãos que foram aprovados para o recebimento do último pagamento do programa, receberão o benefício neste mês de novembro.

Veja também: Auxílio Emergencial: quais são as chances de retorno do programa?

Auxílio Emergencial em novembro

Segundo o Ministério da Cidadania, os resultados de quem contestou a negativa do governo referente a última parcela do auxílio serão encaminhados individualmente. Os pagamentos das contestações aceitas pela equipe serão realizados até o dia 30 deste mês.

Vale ressaltar que ainda há uma chance de o Auxílio Emergencial ser renovado, no entanto, esta possibilidade está vinculada a diversos fatores, sobretudo, que envolvem a liberação do Auxílio Brasil, novo programa social.

Consulta da contestação

Os beneficiários que realizaram a contestação poderão consultar o resultado a partir dos seguintes passos:

  1. Acesse a plataforma Consulta Auxílio Emergencial 2021;
  2. Preencha as informações solicitadas;
  3. Selecione a opção ‘Sou humano’;
  4. Clique em enviar e selecione as imagens verificadoras;
  5. Por fim, será exibido a situação da contestação.

Motivos que causam a suspensão do benefício

Veja a seguir algumas situações que podem ter levado a suspensão do pagamento da sétima parcela do Auxílio Emergencial:

  • Ter emprego formal;
  • Receber benefícios previdenciários, assistenciais ou trabalhistas ou de programa de transferência de renda federal (exceto PIS/PASEP e o programa Bolsa Família);
  • Elevar a renda familiar mensal por pessoa ficando acima de meio salário-mínimo;
  • Ser beneficiário que passou a residir no exterior, na forma definida em regulamento;
  • Ser beneficiário que tenha sido preso em regime fechado ou tenha seu CPF vinculado, como instituidor, à concessão de auxílio-reclusão;
  • Ter registro de óbito nas bases de dados do Governo Federal;
  • Ser beneficiário que tenha seu CPF vinculado, como instituidor, à concessão de pensão por morte;
  • Ser beneficiário que não tenha movimentado os valores que foram disponibilizados na conta poupança digital ou plataformas de recebimento;
  • Ter vínculo com estágio de residência médica ou residência multiprofissional, ser beneficiário de bolsa de estudo da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) do Programa Permanência do Ministério da Educação (MEC), além de bolsas do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ) e de outras bolsas de estudo concedidas ao nível municipal, estadual ou federal.
2.9/5 - (12 votes)
10 Comentários
  1. Angélica Diz

    E o meu que tenho 3 filhos e tô recebendo menos do que recebia do bolsa família não dá pra nada fora que vem festas tem roupas calçados, e alimentação né tá uma negação 🥺

  2. marisa beatriz reis Diz

    Estou doente desempregada só minha mãe pode me ajudar mais como ela recebe eloas teve infarte gasta quase tudo em remédios isso porque o prefeito de Campinas é médico este auxílio ajuda a gente já que tive que vir morar com ela e agora presidente oque o povo faz vira ladrão sai roubando os mercados pq vcs aí não sofrem nada salários gordos vivem viajando e o povo sofrendo próximo ano é de eleição vamos abrir nossos olhos porque quem vive de pro.essa é santo

  3. Abel Alves Martins Diz

    Eu estou dessem pregado a mais de três anos e no início do programa auxiliar ermegecial eu mim escrivir no programa e nunca recebi um centavo sera porque e gostaria que o governo federal e sua equipe manda-se uma resposta pra mim

  4. Fernando Rosas Diz

    ESTOU RECEBENDO R$ 150 REAIS, MAS NÃO É O CERTO. JÁ FIZ UMA PORRADA DE RECLAMAÇÕES, MAS NADA ADIANTOU. ESSA MERDA DE GOVERNO NÃO QUER SABER DE AJUDAR, PORRA NENHUMA. SOU CASADO, MULHER MAIS DOIS FILHOS. O MAIS VELHO, CASOU, ARRUMOU UM EMPREGO E SE PIRULITOU. ESTOU COM O MENOR E ESPOSA. ESSA MERDA DE R$ 150 REAIS, NÃO É PRA QUEM É SOZINHO, ENVIEI TODOS OS CPF’S, INCLUSIVE O MEU. ESSES PORRAS DO PESSOAL DO GOVERNO, SÃO CEGOS. NÃO VAI ADIANTAR MERDA NENHUMA DA MINHA OPINIÃO.

  5. raphael Diz

    mandaram mensagem no meu imail dizenhdo q tenho uma parcela do. auxílio para receber e agr estou ak na fila da caixa perdendo 1 dia de serviço e nem o gerente sabe se é verídico essa mensagem …esse é o Brasil que nós vivemos. viver de migalhas do governo e mentiras tinha que ser do Brasil…éeee do brasiiiilllllll Sil Sil Sil…

  6. Maria jose caetana de Jesus Ramos Diz

    Eu preciso de ajudac
    So doente tomo remédio e nao tenho como
    Comprar
    Eu nao tenho nenhuma renda

  7. Inês Amaral da Silva Diz

    O meu Deus que falta faz tenho filho com problema de saúde,meu voto ninguém tem mais eles esbanja dinheiro nos passamos fome sou mãe sozinha 😢😢

  8. Joice Diz

    Queria saber pq não passado a caixa não avisou que meu dados tinha direto a extensão de 300 quando eu recebi a última parcela de 150 eu vi essa extensão do ano passado meu dinheiro voltou pra União mas eu não sabia que iria receber essas parcela até pq eu n sabia q tinha direito a recebala eu presvisando tamto sabendo q iria recebelas claro que eu já tinha ido pega poxa lamentável muitos diz que eu n tenho como faser mas nada pq.já tem.um ano mas eu acho errado isso pq eu não sabia q eu iria recebela so dos dos aoaresceu essa extensão de 300

  9. Lucimara Alves de Paula Diz

    Mi bloqueou tenho 3mes de auxílio bloqueado não tenho nada do que foi citado

  10. Genivaldo Diz

    Perdi o emprego faz 3meses será k tenho direito ao auxílio emergencial agora

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.