Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio emergencial retroativo de R$600 recebe movimentações

Está em trâmite na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei (PL) 58/21, que prevê o pagamento retroativo do auxílio emergencial no valor de R$ 600. A proposta, criada pelo deputado Wilson Santiago, propõe que sejam pagas parcelas retroativas referentes às datas de 1º de janeiro a 30 de junho de 2021.

De acordo com o deputado, a intenção é disponibilizar os pagamentos às famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade, visto que foram as mais afetadas com a crise sanitária e econômica decorrente da pandemia do coronavírus.

Santiago ainda afirma que os mais prejudicados e aptos a receberem essas parcelas são as “diaristas, comerciantes, pequenos agricultores, artesãos, marceneiros, motoristas de aplicativos, entre tantas outras profissões, que, de uma hora para outra, perderam imediatamente suas rendas e desde 1º de janeiro de 2021 deixaram de receber o auxílio emergencial” diz.

“Muito mais que inovar, esta proposição tem por objetivo resgatar os dispositivos que possibilitaram a construção desta rede de proteção social advinda da aprovação do auxílio emergencial por esta Casa legislativa”, afirma o deputado.

Vale ressaltar que o benefício será distribuído para até dois membros da mesma família, desde que ambos correspondam os critérios de elegibilidade. Além disso, as mães chefes de família receberão cotas duplas, ou seja, R$ 1.200.

Critérios para receber os pagamentos retroativos

Caso o PL seja aprovado, para ter direito ao benefício retroativo, o cidadão precisa:

  • Ter mais que 18 anos, com exceção para mães adolescentes;
  • Não ter vínculo empregatício;
  • Possuir renda mensal de até ½ salário mínimo por pessoa (R$ 550), ou;
  • Possuir renda familiar total de até 3 salários mínimos (R$ 3.300);
  • Não ter somado rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70, em 2020;
  • Não receber Benefício assistencial, previdenciário, de transferência de renda ou seguro-desemprego;
  • Não exerce atividades na condição de microempreendedor individual (MEI), contribuinte individual do Regime Geral de Previdência Social ou ser trabalhador informal, empregado, autônomo ou desempregado, de qualquer natureza, inclusive o intermitente inativo, inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) até 20 de março de 2020.

Pagamento retroativos

Com a aprovação do PL pelo Congresso Nacional e sanção pelo presidente da república, Jair Bolsonaro, os pagamentos devem ser efetuados até o fim deste mês. Contudo, em relação aos inscritos do Bolsa Família, a migração para o auxílio emergencial só será considerada caso o valor do benefício seja maior.

21 Comentários
  1. Marinalva da conceicao eleuterio Diz

    Também não recebi nem 1 parcela de 600 fiz tudo direito e não recebi

  2. Ivete Madalena Bach Marchal Diz

    Fiquei registrada por 30 dias deram baixa na minha carteira de trabalho em 30 de março recebi mesmo assim uma parcela dai foi cancelado eu protestei para receber novamente pois estou desempregada e até o momento estou sem resposta.

  3. Sueli ferreira santos Diz

    Sou mae solteira e nao fui aprovada pelo auxilio ,tinha q fazer o cadradto novamente pra gente poder receber pelo aplicativo,pois no ano passado ei estavo no cadrasto do meu ex,entao ate agora nao recebi nada de auxilio…

  4. Maria do Socorro Uchôa da Silva Diz

    Tive meu auxílio emergencial negado porque o pai dos meus filhos me colocou no imposto de renda , sendo que estamos separados , faz tempo ,e tenho como provar que não vivo com ele , nunca nem casei com ele ,o governo deveria verificar bem as coisas , fiquei prejudicada com isso ,falta de responsabilidade, respeito , não valorizam as pessoas que precisam realmente

  5. Denilde de Souza Diz

    Tenho 57 e moro com meu filho de 39 vivemos de reciclagem somos catadores temos direito ao auxílio emergêncial de 600 reais ,meu filho está cadastrado no bolsa família junto comigo .

  6. Maria do carmo da silva Diz

    Meu irmõ sofreu um acidente ,tem Coracão crecido,diabete,pressao alta e nunca canseguiu o auxilio naõ tem trabalho ,vive de ajuda,dis que era ate dois membro da familia. mais so eu cansegui o meu,entre na defeisoria a te agora nada

  7. Maria Nascimento Diz

    Eu não tive direito ao auxílios dessa vez ….na minha casa são são quatro pessoas..acho q e só pq recebo 250 do bolsa família…q absurdo

  8. Vera Lúcia da Silva Azeredo Diz

    Sou intermitente inativa, não sou chamada para trabalhar a mais de um ano e estou sem nenhum auxílio! E não consigo emprego nenhum, estou desesperada precisando muito, por favor nos ajudem pelo amor de Deus 🙏

  9. Adailson do Carmo da Costa Leão Diz

    Eu gostaria de saber, porque o meu auxílio foi suspenso desde agosto de 2020, já que eu não faço parte do bolsa família, não tenho emprego formal eu sempre trabalhei como autônomo más atualmente, com essa situação que estamos vivendo com essa PANDEMIA as coisas se tornaram muito,mas muito difícil mesmo.

  10. Kassio Diz

    Eu estou desempregado desde setembro de 2017 e recebi todas as parcelas do auxílio emergêncial.
    Tenho 3 filhos adolecentes e uma neta e pago aluguel.
    Com essas pandemia e esse negacionismo de opositores do governo, a economia foi bastante afetada.
    Sei que muitas pessoas perderam com todas essas brigas políticas e essa guerra biológica.
    Esse auxílio me ajudou bastante e acredito que possa me ajudar muito mais, não somente a minha família, mas muitas familias tbm.
    Sou grato pelo muito e pelo pouco.
    Gloria à Deus.

  11. Zilda Diz

    Meu auxílio foi negado devido meu ex ter um rendimento de 90 mil e o governo negou dizendo que era mais 300 mil… Além de esse uma inverdade ainda fui prejudicada sem merecer!

  12. Raphael ribeiro de oliveira Diz

    Eu tive o auxílio negado disse que alguém recebeu mais ninguém da minha família recebeu como faço pra reclamar ou contestar sou motorista de app

  13. Alcione Pazotti Diz

    Gostaria de saber porque eu não estou recebendo auxilio emergencial estou desempregada e bostonario é um filha da puta

  14. silair Diz

    sou diarista, mãe solteira

  15. Andressa Diz

    Boa tarde o auxilio aumentou pra 3 parcela

  16. Gisele martins Kimura Diz

    Boa tarde,sabe o que eu acho estranho,muitos beneficiarios do bolsa familia não estão recebendo o auxilio emergência no qual foram bloqueados,conheço familias que estão desempregados e não tem o que comer recebendo somente de 98,00 a 178,00 reais como se esse dinheiro desse pra sobreviver essa é a minha resposta obgda.

  17. Joao batista lobato Diz

    Não sei se tenho direito

  18. Joao batista lobato Diz

    Não sei se tenho

  19. Tatiane Diz

    É difícil sair esse retroativo pq isso era pra ter saído na terceira parcela

  20. Marlene Souza Diz

    Quem vai se vender por 300 Reais esse miserável não há de governar o Brasil nunca mais

    1. Marina Alves Diz

      Como se ele tivesse culpa do vírus
      Ajudou muito gente sim
      Vcs preferem ser roubados mesmo
      Vcs preferem gente q adula doque os q falam a verdade
      Se não tá contente pode mudar de país

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.