Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio Emergencial: possível prorrogação deve durar até abril de 2022

De acordo com informações de bastidores, possível nova prorrogação do Auxílio Emergencial deve durar até abril de 2022

O Auxílio Emergencial do Governo Federal está prestes a ser prorrogado mais um vez. Pelo menos essa é a informação que circula dentro do próprio Palácio do Planalto. E já há até uma ala que está pensando na duração desse programa. A ideia é que os repasses continuem, pelo menos, até abril do próximo ano.

Isso ainda não está oficialmente definido. No entanto, essa é a informação que mais se aproxima da realidade neste momento. Pelo menos é isso o que dizem as informações de bastidores agora. Em entrevista para o jornal valor Econômico, um membro do Palácio do Planalto confirmou que essa possibilidade existe.

“Estudos sempre existem. Estamos avaliando (a prorrogação do auxílio emergencial até abril de 2022), mas não há nenhuma definição”, disse essa fonte para o site em questão. O que se sabe internamente, é que esse é o desejo de membros do Ministério da Cidadania. Essa é a pasta responsável pelo pagamento do benefício em questão.

Vale lembrar que foi justamente o Ministro da Cidadania, João Roma, que levantou primeiro a possibilidade de prorrogação do Auxílio Emergencial. Em entrevista, ele disse publicamente que o Governo teria que pensar em algo para ajudar os cerca de 25 milhões de brasileiros que irão ficar sem nada a partir de novembro.

A ideia de Roma é pagar o benefício até o próximo ano, mas com possibilidade de “desmame”. Esse, aliás, é o termo que eles estão usando internamente para dizer que o projeto vai passar por diminuições de tamanho a cada mês. Isto é, eles irão diminuir a quantidade de usuários até que o programa chegue de fato ao fim.

Cancelamentos

Caso isso se confirme, não seria muito diferente do que está acontecendo agora. É que a atual versão do Auxílio Emergencial já conta com uma série de cortes mensais em seus beneficiários. A grande maioria deles acontecem depois das análises da Dataprev.

Para se ter uma ideia, aliás,  o Governo Federal retomou os pagamentos do Auxílio Emergencial este ano ainda no último mês de abril. De lá para cá, no entanto, o número de pessoas atendidas pelo projeto só fez cair depois de cada um dos meses de repasse.

De acordo com o próprio Ministério da Cidadania, o Auxílio Emergencial deste ano começou atendendo algo em torno de 39 milhões de pessoas. Agora, segundo os dados mais recentes, esse número está na casa de cerca de 35 milhões de usuários.

Prorrogação do Auxílio

Caso a prorrogação seja mesmo oficializada, esta não seria a primeira vez que o projeto passaria por essa situação. Vale lembrar que o objetivo inicial do Governo Federal era pagar o benefício apenas entre os meses de abril e julho. No entanto, isso mudou.

Diante da situação da pandemia do novo coronavírus, o Palácio do Planalto achou por melhor prorrogar o Auxílio Emergencial por mais três meses. Com isso, o programa está seguindo com os pagamentos entre os meses de agosto e outubro.

Oficialmente, essa informação ainda está valendo. No entanto, há uma movimentação no Governo Federal para tentar anunciar uma prorrogação o mais rapidamente possível. Só não se sabe quando esse anúncio poderia de fato acontecer.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
21 Comentários
  1. Rita de Cassia Diz

    Não e certo meu irmão solteiro não te filho neum eu só irmã dele. Mãe de família separada e te uma filha não recebeu isto est Certo isto

  2. Jailson Diz

    Alem de prorrogar tem q aumentar pq 150,250 ou 375 nao da pra nada ..ajudar nois ai

  3. Maria Risoleide pereira da Silva Diz

    Seria muito bom, e com a volta dos $600 pq 150 só dá pra comprar hoje um botijão de gás

  4. Jaqueline Diz

    Seria muito útil principalmente para mães que não recebem pensão alimentícia e nem pode trabalhar.

  5. Cesar Ferreira da Silva Diz

    Poderia prolongar o auxílio emergencial mediante essa crise financeira que estamos passando mediante esse Vírus.

  6. Lucivânia Diz

    Do que adianta tantas prorrogações? Se há famílias que estão sobrevivendo apenas com R$ 130,00 do bolsa família. Deveria aumentar o valor do Bolsa Família.

  7. Juca Diz

    Povo burro vão adiar e depois cancela cadê o auxílio emergencial fixo prometido

  8. Adriana Diz

    Libera o auxílio emergencial, para mais de 1 pessoa da família.

  9. Adriana Diz

    Libera o auxílio para mais pessoas da mesma família.

  10. Adilson Diz

    O nosso governo tem que olha mas para as pessoas que precisam desta aguda porque o povo pede socorro sem emprego o povo precisa mas do que nuca do auxílio emergencial

  11. Ranny Diz

    Eles só podem ta ganhado muito dinheiro com isso viu pq enquanto isso monte de gente esperado pra ser aprovado na fila do bolsa família e nada sai do canto eles falarao que ia terminar em novembro ….

  12. João Marcelo Lima da Silva Diz

    Acredito que além da ajuda que a pandemia necessitou, temos o problema econômico com inflação alta e desemprego em alta, também. Mas, com certeza, sou muito grato pelo benefício. Também sei que era algo temporário. Desde já agradeço.

  13. Maria Diz

    O COVID acabou? Estamos a salvo? Ou teremos mais uma onda arrebatadora? Sinceramente não creio que esse vírus que deixou milhares de pessoas sequeladas,sumiu como uma magia…

  14. Luiz Diz

    Quem recebe bols família, foi enganado, vi várias pessoas de onde moro que recebe 230 reais de bolsa família e como mudou para auxílio continuou recebendo de 230 para 250 e marido que tem direito desempregado não recebe nada, enfim roubaram o auxílio dessas famílias.

  15. Fábio Diz

    Seria uma grande ajuda!

  16. Regina Diz

    Eu estava em analize e sumiu

  17. Ângela Diz

    Não entendi meu auxílio foi cortado, sendo que nada mudou sobre a minha renda,muita injustiça deste governo.pessoas que realmente precisa não estão recebendo e pessoas que bem precisa continua a receber,mulher de funcionário público e mulher de bombeiro ainda recebe sem precisar.gostaria de saber porque isso.

  18. Eduardo Alves Pereira Júnior Diz

    Bom senhores o Auxílio Emergencial tem que continuar pois ainda não acabou a Pandemia da doença e o número de desempregados são maiores temos que suprir as necessidades menor valor não dar pra se sustentar ,o Auxílio Emergencial tem que ser de valor alto

  19. Catia Palmeira Diz

    Boa tarde.
    Seria otimo voltar com $600 ajuda bastante.
    Pq $150 não tá dando pra nada.
    Vc conseguiria viver com $150????
    Por favor voltar com os $600.

  20. BARBARA MONIQUE LINS QUEIROZ Diz

    Deus queira que sim.As coisas aumentam a cada dia e está um absurdo os preços. Antes era a carne…agora é frango…aonde vamos chegar?no arroz e ovo?
    Porque esses aumentos?A população não aguenta mais a falta de respeito

  21. Tatiana Diz

    Gostaria muito

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.