Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4.1/5 - (17 votes)

Auxílio Emergencial: Parcela retroativa será paga em junho?

Devido aos pagamentos retroativos do Auxílio Emergencial, diariamente milhões de brasileiros buscam saber se foram ou serão contemplados. Os novos repasses são destinados aos pais solteiros chefes de família monoparental e não se tratam de uma prorrogação do programa.

Devido aos pagamentos retroativos do Auxílio Emergencial, diariamente milhões de brasileiros buscam saber se foram ou serão contemplados. Os novos repasses são destinados aos pais solteiros chefes de família monoparental e não se tratam de uma prorrogação do programa.

Entre abril e agosto de 2020, o Governo Federal concedeu parcelas duplas para as mães solteiras chefes de família no valor de R$ 1.200, e embora alguns pais se enquadravam na mesma situação não foram atendidos com os mesmos valores, recebendo apenas a cota simples de R$ 600.

Isso porque, o presidente da república, Jair Bolsonaro, havia vetado a concessão das parcelas dobradas ao público masculino. No entanto, no ano passado o Congresso Nacional conseguiu derrubar esse veto possibilitando os pagamentos retroativos aos pais solteiros.

Para verificar se tem direito ao benefício é necessário consultar o site da Dataprev. Na prática, será necessário informar o nome completo, o número do CPF, a data de nascimento e o nome completo da mãe, caso saiba.

Lembrando que só tem direito ao benefício os pais solteiros que foram contemplados pelo Auxílio Emergencial em 2020, além de comprovar que não possui cônjuge ou companheira(o) e que tem, ao menos, uma pessoa menor de 18 anos na família.

De acordo com o Ministério da Cidadania, cerca de 1,3 milhão de pais solos serão contemplados. Vale ressaltar que em janeiro deste ano houve o primeiro lote de pagamentos, que atendeu 823,4 mil beneficiários. Sendo assim, cerca de 450 mil ainda faltam receber.

Como consultar?

Para verificar se tem direito ao benefício, o cidadão deve acessar o portal Dataprev. Veja os passos a seguir:

  1. Acesse o portal de Consulta ao Auxílio Emergencial;
  2. Preencha o campo com o seu Cadastro de Pessoa Física (CPF);
  3. Com o seu nome completo; e
  4. Com o nome da sua mãe completo (ou selecione a opção “mãe desconhecida);
  5. Coloque sua data de nascimento no campo solicitado;
  6. Selecione o reCAPTCHA para provar que é humano;
  7. Clique em “ENVIAR”.
4.1/5 - (17 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

1 comentário
  1. ERISVALDO Diz

    Desumano isso que o governo estar fazendo
    Com a demora nos pagamentos do retroativo
    E a demora no consignado

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.