Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4.1/5 - (37 votes)

Auxílio Emergencial ou Auxílio Brasil? veja a decisão do governo

O novo programa substituirá o Bolsa Família e oferecerá condições mais favoráveis a população de baixa renda.

Segundo informações de bastidores, parte dos representantes do Governo Bolsonaro defendem a renovação do Auxílio Emergencial caso o Auxílio Brasil não seja implementado. O que pode ocorrer devido possível derrota da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos precatórios.

Veja também: CAIXA libera de de R$300 até R$1.000 via celular nesta segunda

Na última quinta-feira (4), a PEC dos precatórios foi aprovada em primeiro turno na Câmara dos Deputados. O segundo turno deve ocorrer até a próxima terça-feira (9). A medida solicita que as dívidas do Governo Federal (precatórios) sejam parceladas a fim de garantir espaço no Orçamento para o financiamento do Auxílio Brasil.

O novo programa substituirá o Bolsa Família e oferecerá condições mais favoráveis a população de baixa renda. Isso porque, a intenção é atender cerca de 17 milhões de famílias, incluindo as 14,6 atualmente beneficiadas, com mensalidade de R$ 400, conforme a promessa do presidente Jair Bolsonaro.

Todavia, os apoiadores do Auxílio Emergencial podem argumentar as vantagens do programa em comparação ao novo projeto do Governo. O coronavoucher pode beneficiar cerca de 39 milhões de pessoas, com recursos fora do teto de gastos. Com relação ao valor, pode ser de até R$ 375 mensais.

Caso o Auxílio Brasil seja realmente liberado, o programa comportaria apenas mais 2,4 milhões de famílias em situação de pobreza e extrema pobreza em sua folha de pagamentos.

O número é bem distante do que o Auxílio Emergencial pode atender, visto que este ano mais de 22 milhões de pessoas fora do Bolsa Família foram contempladas pelo benefício.

Atualmente a Caixa Econômica Federal está autorizando os beneficiários do projeto a sacarem a sétima parcela do programa. Os pagamentos foram encerrados no último domingo (31), para os contemplados nascidos em dezembro.

Vale ressaltar que para ter acesso ao benefício do Auxílio Brasil, o cidadão interessado deve estar ativamente inscrito no Cadastro Único (CadÚnico). Neste caso, é necessário comprovar uma renda per capita igual ou inferior a R$ 178.

Para mais informações, continue acompanhando o nosso portal!

4.1/5 - (37 votes)

Está "bombando" na Internet:

1 comentário
  1. Elly Santos Diz

    Essa merda tenho 50 reais na conta mais de um mês esperando o cartão e nada troquei de aparelho e não salvei os 4 números do cartão agora n posso movimentar minha conta e ninguém ajuda a resolver.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.