Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio emergencial, FGTS, 13º salário e BEm: Benefícios previstos para 2021

O Ministério da Economia pretende liberar ao menos quatro programas de benefícios em 2021, com a finalidade de amenizar os impactos causados pela pandemia da covid-19, prestando apoio na renda de trabalhadores, desempregados, aposentados e pensionistas.

Dentre as iniciativas, o governo prevê distribuir o auxílio emergencial, o 13º salário do INSS, o saque emergencial do FGTS e o Benefício Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda (BEm). Confira abaixo cada medida:

Auxílio emergencial

Na última semana, a PEC Emergencial foi aprovada no Senado Federal em dois turnos. O documento viabiliza a volta dos pagamentos do auxílio emergencial. Agora, a proposta segue para votação na Câmara dos Deputados.

A expectativa é que os pagamentos das parcelas se iniciem ainda este mês, priorizando os inscritos no programa social Bolsa Família. Segundo Paulo Gudes, ministro da Economia, os valores a serem pagos nas parcelas sofrerão alterações conforme a composição familiar.

  • Mães chefe de família: R$ 375
  • Família com mais de um membro: R$ 250
  • Cidadãos que moram sozinhos: R$ 175

Saque Emergencial do FGTS

Como o auxílio emergencial, mais uma rodada do Saque Emergencial do FGTS pode ser liberada. Em 2020, os correntistas do fundo poderiam sacar um valor de até R$ 1.045 (salário mínimo da época) de contas ativas ou inativas. Porém, informações do governo apontam que o valor máximo para saque pode ser menor este ano.

O saque emergencial é destinado aos trabalhadores que tenham um trabalho formal ou já tiveram em exercício com registro na carteira. O repasse costuma ser feito pela Caixa Econômica Federal, por meio do aplicativo Caixa Tem.

13° do INSS

O 13º salário do INSS seria antecipado já no mês de fevereiro, mas a decisão foi adiada. Sobre isso, o governo declarou que o Orçamento da União ainda precisa ser aprovado pelo Congresso Nacional.

Os grupos que terão direito a antecipação são: aposentados, pensionistas por falecimento, licença maternidade, auxílio doença e auxílio-acidente (reclusão). A verdadeira intenção é ajudar os grupos que mais estão vulneráveis nesta pandemia, como idosos e doentes.

BEm

O Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e Renda (BEm) dá  possibilidade das empresas suspenderem os contratos ou reduzirem as jornadas de trabalho e salários de seus empregados. No ano passado, o programa ajudou em mais de 20 milhões de acordos.

As empresas que atribuíram esse programa puderam fazer três acordos diferentes com seus funcionários. Sobre a redução da jornada de trabalho: 25% (recebe 75% do salário e 25% da parcela do BEm); 50% (recebe 50% do salário e 50% da parcela do BEm); 70% (recebe 30% do salário e 70% da parcela do BEm); ou suspensão de contrato (poderia receber 100% ou 70% da parcela do BEm).

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
4 Comentários
  1. Ivanildo francisco de oliveira Diz

    Oi. Eu mim chamo Ivanildo nessa pandemias fiquei desempregado nao tenho renda alguma.o governo nao liberou meu seguro desemprego.estou deoendedo de 89 reais da bolsa familia. Ainda sou deficiente visual ….monovular.procurei um beneficio do governo por falta de enprego devido minha deficiencias ja nao sei mais o que fazer.gostaria de ter uma resposta.uma atencao do governo. Por um auxilio doenca..pois meu caso cada dia piora mais estou ficando pior da outra vista. A kd dia..objigado por a oportunidade.

  2. Isabelle klissia da silva miranda Diz

    Primo

  3. Ereny Maria da silva Diz

    O Décimo terceiro vai sair no final de março pra abril

  4. Luís Alberto da Silva Diz

    luis2alberto.LS@gmail.com olá sim temos muitos problemas , e dificuldades ,
    Auxílio urgente . urgente.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.