Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio Emergencial: como descobrir o motivo do bloqueio

Muitas pessoas estão dizendo que não sabem o porquê do bloqueio no Auxílio Emergencial. Veja como descobrir

O Governo está pagando nesta semana mais uma parcela do Auxílio Emergencial. De acordo com informações do Ministério da Cidadania, cerca de 37 milhões de brasileiros estão recebendo essa quantia. No entanto, algumas pessoas acabaram perdendo o benefício entre os repasses dos ciclos 4 e 5.

De acordo com informações oficiais da Dataprev, isso é algo que poderia acontecer. É que o órgão costuma fazer revisões periódicas nessas contas do benefício. No final das contas, eles acabam decidindo quem segue e quem não pode continuar recebendo as parcelas. Nas redes sociais, muita gente está demonstrando ter dúvidas sobre esse processo.

Uma das questões que mais se repete é em relação ao motivo do cancelamento. Algumas pessoas estão afirmando que não sabem a razão do bloqueio na conta. A boa notícia é que não é tão difícil saber essa informação. Uma simples conexão com internet é o suficiente para conseguir descobrir esse dado.

Basta portanto acessar o site oficial da consulta do Auxílio Emergencial. Logo depois, é só inserir as informações básicas. Eles pedem o nome completo, o cpf, a data de nascimento e o nome completo da mãe. Pronto. O próprio sistema vai carregar uma página com as informações básicas sobre o perfil do cidadão no projeto.

Em caso de cancelamento, o usuário pode clicar em um ícone em formato de i. Ele significa a palavra informação. Ao clicar, aliás, a página vai mostrar o motivo pelo qual o benefício passou pelo bloqueio. E aí portanto, esse cidadão vai saber finalmente o porquê de ter parado de receber o dinheiro do programa.

Contestação no Auxílio

Agora imagine que esse cidadão não concorda com esse motivo. Nesse caso, ele vai ter o direito de contestar o resultado. De acordo com a Dataprev, esse usuário vai ter 10 dias para enviar esse desafio. O órgão vai ter que reanalisar essa conta e dar uma nova resposta dentro de alguns dias.

O grande problema aqui é que nem todo mundo tem direito de contestar o resultado. Ainda de acordo com a Dataprev, algumas pessoas não podem fazer isso. É que nos casos de bloqueio definitivo, ele não vai ter o direito de pedir essa revisão nos dados.

Uma saída para os indivíduos que não estão conseguindo contestar o resultado é procurar a Defensoria Pública da União (DPU). Por lá, as pessoas podem oferecer uma série de possibilidades para esses cidadãos que estão à procura de uma solução.

Falta de informação

Há ainda outro problema nessa situação. Nas redes sociais, algumas pessoas afirmam que estão seguindo todos esses passos para descobrir o motivo do cancelamento, e mesmo assim não estão tendo nenhuma informação.

De acordo com esses relatos, o site oficial da consulta do Auxílio não está dando essa informação mesmo depois do clique no ícone i. Isso não é algo que deveria estar acontecendo. Todos deveriam saber, pelo menos, a razão do bloqueio.

Diante dessa situação, o cidadão precisa entrar em contato com o Ministério da Cidadania ou mesmo com a Dataprev. Para isso portanto é importante visitar os canais oficiais de comunicação desses órgãos do Governo Federal.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
6 Comentários
  1. Maria Antonia Caravoglia Diz

    Meu filho nem conseguiu receber !da,fez cadastro e a alegação foi que meu CPF estava com problema, isso não procede pois todas transações que faço uso o mesmo CPF até hoje.Mesmo ele sendo proprietário de 50% de um imóvel onde reside não t a) tentativa de sustento pois possibilitado de exercer a profissão por falta de condições de saúde.Obteve remissão de tratamento referente a linfoma de hodding com tumor de 15 cm no mediastino.Cuja enfermidade necessita de cuidados médicos e medicamentos para imunidade baixa que nem todos o SUS oferece.Não obtivemos sucesso na resolução do caso.Qual órgão pode nos auxiliar, preciso de ajuda.

  2. MARCELO ALVES LOBATO Diz

    Bom, eu contestei na primeira vez que fui bloqueado, porém agora não posso mais contratar. Estou desempregado sem nem uma fonte de renda, é esse filho de uma, só fazem prejudicar a vida das pessoas de baixa renda. Gostaria muito que o meu auxílio voltasse….

  3. Ivani da Silva Alecrim Diz

    Olá bom dia. Sou beneficiário do bolsa família recebo 130 reais e não recebi o auxílio emergencial de 2021 quero saber por qual motivo sou mãe separada tenho um filho de 4 anos. Me ajudem por favor?

  4. Diego Magalhães dos Santos Diz

    Eu recebi todas as parcelas ,desde 2020, porém nessa última parcela, fui bloqueado e eles alegaram que o meu CPF,consta que eu estou trabalhando formalmente , só que eu continuo desempregado.

  5. Ana Diz

    Boa tarde!sou uma mãe de família, meu auxílio foi bloqueado e me informaram da declaração do imposto declarei regularizei meu CPF e continua bloqueado,recebi seguro desemprego que terminou em julho de 2020,meu auxílio veio um outubro de 2020,e bloqueado agora estou desempregada sem renda e não consigo contestar nem pelo site e nem por telefone e fico sem auxílio é um absurdo vc liga manda reclamação e nada😭

  6. Maysa Diz

    Boa tarde!sou uma mãe de família, meu auxílio foi bloqueado e me informaram da declaração do imposto declarei regularizei meu CPF e continua bloqueado,recebi seguro desemprego que terminou em julho de 2020,meu auxílio veio um outubro de 2020,e bloqueado agora estou desempregada sem renda e não consigo contestar nem pelo site e nem por telefone e fico sem auxílio é um absurdo vc liga manda reclamação e nada😭

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.