Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Inep avalia terceirizar o banco de questões usado no Enem

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) solicitou uma consulta sobre a possibilidade de terceirizar a formulação do banco de questões que caem no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

O Inep é a autarquia do Ministério da Educação (MEC) responsável pela realização de diversos exames a nível nacional, entre eles o Enem e o Encceja, por exemplo.

O documento no qual a autarquia busca uma avaliação quanto a possíveis mudanças no banco de questões do Enem foi revelado pelo jornal “O Globo”. Assinado pelo chefe da Diretoria de Avaliações da Educação Básica (Daeb), Anderson Soares Furtado de Oliveira, o documento busca a avaliação dos prós e contras de realizar ou não a mudança.

O BNI é formulado pelo Inep

Atualmente, a formulação do banco de questões é de responsabilidade do Inep. Desse modo, é a autarquia que cria as perguntas que compõe o Banco Nacional de Itens (BNI). Além de compor a prova do Enem, o BNI pode ser usado em outros exames do Inep, como o Encceja, o Enade e outros.

Em resposta ao “G1”, o Inep afirmou que a busca pela terceirização se dá porque o BNI está ‘obsoleto. Portanto, o órgão avalia a possibilidade de contratar uma empresa para elaborar e revisar os itens. Além disso, o Inep quer “calibrar” o nível de dificuldade das provas.

Por esse motivo, o documento solicita a avaliação de dois cenários: manter a formulação das questões pelo próprio Inep ou terceirizar a demanda. A avaliação deve ser feita até o dia 31 de agosto.

E aí? Gostou do texto? Então deixe aqui o seu comentário!

Leia UFAM divulga os editais das 1ª e 2ª etapas do PSC de 2021.

Veja também UFRN abre inscrições do Vestibular 2021/2 para cursos EaD.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.