Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio emergencial com valor de R$150 poderá ser pago

A intenção é disponibilizar a quantia mínima do coronavoucher, R$ 150, a partir do mês de novembro.

Após o encerramento do Auxílio Emergencial, o governo do Amazonas pretende manter os pagamentos do benefício aos residentes do estado. A intenção é disponibilizar a quantia mínima do coronavoucher, R$ 150, a partir do mês de novembro.

O auxílio seria distribuído em forma de um cartão físico, que seria utilizado apenas em estabelecimentos credenciados pelo estado. Esse método pretende evitar fraudes, uma vez que o dinheiro só seria utilizado na compra de produtos essenciais, como alimentícios e de higiene.

De acordo com o governo do estado, o benefício deve atender cerca de 300 mil amazonenses. Desse total, 158 mil seriam moradores da capital Manaus, e outros 142 mil residentes das cidades menores do interior do estado.

O objetivo da gestão é implementar o novo benefício fixo em novembro, justamente após o fim dos depósitos do Auxílio Emergencial.

Quem poderá receber o auxílio fixo de R$ 150?

Até o momento, o governo do Amazonas não divulgou as regras oficiais para a concessão do benefício, todavia, já se sabe que será destinado aos cidadãos de baixa renda que morarem no estado. Confira os requisitos a seguir:

  • Morar no estado do Amazonas;
  • Ter renda mensal per capita igual ou inferior a meio salário mínimo (R$ 550 em 2021);
  • Estar devidamente inscrito no Cadastro Único (Cadúnico); e
  • Possuir idade superior a 18 anos.

Além desses fatores, vale ressaltar a preferência da liberação do auxílio aos segurados do Bolsa Família. Neste caso, este grupo poderá ser contemplado por dois benefícios, conforme a regulamentação do novo auxílio.

Veja também: Auxílio Brasil: Valor, inscrições, e quando será liberado

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Sem comentários
  1. Eduardo Alves Pereira Júnior Diz

    Serve pra todos os Estados

  2. Eduardo Alves Pereira Júnior Diz

    150 não dar pra suprir as necessidades das pessoas pois as coisas os alimentos etc estão tudo aumentando pra todos independente do Estado que seja!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.