Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio Emergencial: Calendário da 5ª, 6ª e 7ª parcelas LIBERADO

Com a prorrogação do Auxílio Emergencial por mais três meses, o benefício será depositado até outubro.

Nesta semana, a Caixa Econômica Federal divulgou o calendário da quinta, sexta e sétima parcelas do Auxílio Emergencial. Seguindo os pagamentos da rodada 2021 do auxílio, cuja quarta parcela terminou em 30 de julho. O governo anunciou a prorrogação do Auxílio Emergencial no mês de julho.

Com a prorrogação do Auxílio Emergencial por mais três meses, o benefício será depositado até outubro. Segundo o ministro da Cidadania, João Roma, as três parcelas extras custarão mais de R$ 20 bilhões aos cofres públicos. O orçamento foi liberado com o objetivo de continuar dando suporte às famílias afetadas pela pandemia de Covid-19.

Em novembro, o Governo pretende começar a pagar o Auxílio Brasil, programa que substituirá o Bolsa Família. Os valores do novo benefício ainda não foram anunciados, porém, espera-se que sejam anunciados em setembro.

“O programa termina quando começar o Auxílio Brasil, em novembro. E já está acertado com a equipe econômica um aumento de, pelo menos, 50% em relação ao Bolsa Família”, afirmou o presidente Jair Bolsonaro. Nesse contexto, o benefício médio do Bolsa Família é de cerca de R$ 190.

Calendário das próximas parcelas do Auxílio Emergencial

Três últimas parcelas do Auxílio Emergencial – público geral

Mês de nascimento

5ª parcela

6ª parcela

7ª parcela

Janeiro

20/08

21/09

20/10

Fevereiro

21/08

22/09

21/10

Março

21/08

23/09

22/10

Abril

22/08

24/09

23/10

Maio

24/08

25/09

23/10

Junho

25/08

26/09

26/10

Julho

26/08

28/09

27/10

Agosto

27/08

29/09

28/10

Setembro

28/08

30/09

29/10

Outubro

28/08

01/10

30/10

Novembro

29/08

02/10

30/10

Dezembro

31/08

03/10

31/10

Três últimas parcelas do Auxílio Emergencial – Bolsa Família

Número NIS

5ª parcela

6ª parcela

7ª parcela

1

18/08

17/09

18/10

2

19/08

20/09

19/10

3

20/08

21/09

20/10

4

23/08

22/09

21/10

5

24/08

23/09

22/10

6

25/08

24/09

25/10

7

26/08

27/09

26/10

8

27/08

28/09

27/10

9

30/08

29/09

28/10

0

31/08

30/09

29/10

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse que o calendário divulgado nesta quinta-feira é o final. “Nós não esperamos uma antecipação [dos pagamentos]”, disse em entrevista coletiva. Sendo assim, não é esperado que a Caixa antecipe os pagamentos destas parcelas, como fez nas anteriores.

Regras das parcelas do auxílio

A quinta parcela do Auxílio Emergencial começa a ser paga já neste mês de agosto. Primeiramente recebem os beneficiários do Bolsa Família que migraram temporariamente para o auxílio. Lembrando que para os beneficiários do programa social do governo, vale a regra do maior valor.

Como nas parcelas anteriores da rodada anterior do Auxílio Emergencial 2021, o valor dos pagamentos segue o mesmo:

  • Pessoa que mora sozinha: R$ 175

  • Mãe solteira que sustenta a família: R$ 375

  • Demais famílias: R$ 250

Por fim, a Caixa continuará efetuando os depósitos do Auxílio Emergencial primeiro na conta poupança digital da Caixa, e de maneira escalonada, como nas parcelas anteriores, os saques e transferências serão liberados depois para o público geral, de acordo com o mês de nascimento.

Veja também: Caixa Econômica se pronuncia sobre problemas em app

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
9 Comentários
  1. Tatiane Souza Diz

    E que foi cancelado sem mais sem menos meu bolsa familia e o auxílio. ..
    Eu pg agua e outras coisas e agora a minha agua tá sem pg…E n consigo contestar

  2. Dirce Diz

    Tem muita vaga de emprego aí gente!!!! O negócio é q acostumaram receber Essa mixaria do governo!@isso não vai durar pra sempre!

  3. Sueli Diz

    Meu benefício foi cancelado dizendo que eu estou ganhando mais de meio salário mínimo. Estou desempregada, vivendo de bico e olhe lá, tem mês que não tenho nem pra comer, Revoltada com isso!! Conheço pessoas que tem carro caro, casas boas e estão recebendo tranquilamente e eu não tenho nem casa pra morar tive o bloqueio 😠

  4. DORLI MORAIS CUNHA Diz

    Eu perdi meu tou desempregada não consigo mas fazer novos cadastro

  5. Rosângela Diz

    Gente na vdd …msm se for um salário irá continuar sendo uma humilhação porque o dinheiro 💰 de vdd já está na conta de alguém bem longe do.brasil. é uma pena que na HR de votar as pessoas não pensam e nem alizam nada antes…se ele tivesse congelado o valor das coisas isso não tinha chegado a esse ponto mais eles só olham o próprio umbigo.e a conta deles somos nós q pagam … então agora aguenta 😁

  6. Marileia Diz

    Eu queria saber se as PESSOAS Que recebem o auxílio tbm terá direito ao novo auxílio Brasil.,pois cm esse desemprego e as coisas um absurdo de caro,pelo amor de Deus,olhem ms pra nós os pobres ,pois somos nós que votamos em VCS ,merecemos ms consideração,não só pelo o estado crítico que estamos passando ,ms Sim,por tudo .

  7. Mary Diz

    Eu mãe solteira com dois filhos, só consegui receber 150 . muito injusto

  8. ELAINE CRISTINA DE FARIA Diz

    Cara eu moro sozinha e tenho filhos pra criar ,e são 4 trabalho pra manter,mais com o preço das coisas muito elevado fica puxado,entendo o governo ajudar famílias de baixa renda,o ué não entendo e por que eu não consegui esse auxílio ,se também eu tenho deficiência .
    Foda né .

  9. Ruana Diz

    Era bom cria um benefício fora do bolsa família nem todo consegue si cadastra no bolsa.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.