Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

1/5 - (1 vote)

Auxílio Emergencial: Caixa diz que completou 750 milhões de pagamentos

Caixa Econômica Federal diz que completou a marca de 750 milhões de pagamentos do Auxílio Emergencial do Governo Federal

Em tom de comemoração, a Caixa Econômica Federal anunciou no final da última semana mais um número do Auxílio Emergencial. De acordo com o banco responsável pelos repasses, o benefício em questão fez cerca de 750 milhões de pagamentos entre o ano passado e 2021.

“Com o Auxílio Emergencial, foram mais de 750 milhões de repasses e de R$ 350 bilhões creditados. A Caixa se orgulha de estar ao lado de todos os brasileiros e, com o Auxílio Brasil, vai continuar levando dignidade a quem mais precisa. Somos o banco de todos os brasileiros”, diz a informação.

A mensagem da Caixa só não diz que esse Auxílio Emergencial chegou oficialmente ao fim ainda no último mês de outubro. De acordo com o próprio Ministério da Cidadania, cerca de 25 milhões de pessoas que estavam recebendo o benefício passaram a ficar sem nada e estão nesta situação há cerca de dois meses.

Nas redes sociais, há uma campanha para tentar mudar essa situação. Vários usuários estão pedindo para que o Governo Federal retome os pagamentos do Auxílio Emergencial justamente para ajudar essas pessoas que estão sem nada. Mas membros do Palácio do Planalto estão garantindo que isso não vai acontecer.

Em entrevista recente, o presidente Jair Bolsonaro disse que não há condições financeiras de retomar os pagamentos do Auxílio Emergencial. De acordo com ele, o país teria chegado ao limite e não teria mais condições de prorrogar o programa. A declaração acabou frustrando muita gente que estava esperando por essa ajuda.

Pandemia x inflação

O argumento do Governo Federal para não retomar o Auxílio Emergencial, aliás, é o de que a pandemia do novo coronavírus está atrapalhando menos a vida dos brasileiros. E isso é um fato. O número de novas mortes está caindo semana após semana.

O Ministro da Economia, Paulo Guedes, vinha dizendo que poderia prorrogar o Auxílio Emergencial caso a situação da pandemia piorasse. Mas não foi isso o que aconteceu e aí o Governo optou por acabar com o programa.

Acontece que mesmo em um cenário de melhora na pandemia, a situação da inflação segue preocupando. E com isso, muita gente está com dificuldades para pagar as contas ou comprar itens básicos da cesta básica.

O Auxílio Emergencial

O Governo Federal começou os pagamentos do Auxílio Emergencial ainda em abril do ano passado. A ideia naquele momento inicial era justamente pagar o benefício para as pessoas que estavam com dificuldade para conseguir renda na pandemia.

Em setembro, o Governo decidiu prorrogar o benefício até dezembro de 2020. Os valores dos pagamentos, no entanto, caíram de R$ 600 para R$ 300. Mães solteiras podiam pegar R$ 1,2 mil. É o que se sabe.

Logo depois de um hiato de três meses sem nenhum pagamento, o Governo Federal decidiu retomar os repasses do Auxílio Emergencial ainda em abril de 2021. No final das contas, o programa chegou ao fim em outubro.

1/5 - (1 vote)

Veja o que é sucesso na Internet:

6 Comentários
  1. Maria Diz

    O mreu voto Bolsonaro não vai ter nunca mais !

  2. Cristiano Diz

    O presidente Bolsonaro, já perdeu a eleição em 2022,devido a bilhões de pessoas sem o auxílio emergencial,ele ainda pode sim ter chance de ganhar a eleição,se retomar o auxílio emergencial ,pois com essa ausência do auxílio,a sua candidatura fica deficiente.Bom dia do ex assessor federal.

  3. Alex Diz

    Presidente egoísta prepotente não está nem aí prós pobres

  4. Barbara Miranda Diz

    eles deveria ter mais consciência nas quela pessoas que não têm renda nenhuma estão pensando em que já tem como na minha opinião quem já recebe um auxílio Brasil não deveria ter aumento em Dezembro eles tem que pensar mais nas pessoas que não estão recebendo nada acho isso uma vergonha precisa pensar mais no próximo e na pessoas que não tem onde tirar.

  5. Nilson Pitta Diz

    Auxílio miséria vai voltar a se paga?

  6. Claudinei Cipriano Diz

    Poca vergonha para os políticos tem dinheiro nunca falta vergonha esse país

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.