Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio emergencial 2021: WhatsApp da Caixa informará novas datas

Que o auxílio emergencial 2021 será prorrogado até outubro não é novidade, porém a maneira que o calendário será divulgado surpreendeu a todos.

A Caixa Econômica Federal deve enviar uma mensagem pelo WhatsApp informando as datas das novas parcelas do auxílio emergencial 2021, sendo a 5ª,6ª e 7ª neste ano.

Serão enviadas não só mensagem no celular indicando a liberação dos valores, mas também as datas de liberação de saque. Isso a contar pelo grupo de desempregados e autônomos que não recebem o Bolsa Família.

No auxílio emergencial 2021, os beneficiários do Bolsa Família aprovados no programa para enfrentar a pandemia tem o valor e o saque liberado no mesmo dia. Por isso, devem receber apenas uma mensagem para cada parcela.

Quantas mensagens serão enviadas?

De acordo com a Caixa serão 500 milhões de mensagens por meio do WhatsApp e serão  enviadas para aqueles que tem direito a prorrogação do auxílio emergencial.

Não será necessário ter crédito e mesmo para aqueles que tiverem, não será cobrado qualquer valor para o recebimento da mensagem com a informação da data de recebimento e saque do auxílio emergencial 2021.

Porém, para receber a mensagem pelo WhatsApp é necessário que o número de celular do beneficiário tenha sido cadastrado.

Quando deve ser paga a nova rodada do auxílio emergencial 2021?

Se o calendário seguir o mesmo padrão das parcelas anteriores, os pagamentos devem acontecer, respectivamente, em agosto, setembro e outubro. As datas, porém, ainda não foram divulgadas.

Quem tem direito a prorrogação do auxílio emergencial?

Tem direito a receber a nova rodada do auxílio emergencial 2021 os beneficiários já cadastrados, uma vez que não serão abertas novas inscrições.

Além disso, é necessário estar dentro das regras estabelecidas pelo governo federal – elas permanecem as mesmas já determinadas nas parcelas anteriores.

Veja abaixo algumas regras básicas:

  • Estar desempregado, ser trabalhador autônomo ou beneficiário do Bolsa Família;
  • Ter renda familiar por mês de até três salários-mínimos (R$ 3.300);
  • Ter renda familiar por pessoa de até meio salários-mínimos (R$ 550);
  • Não receber pensão, aposentadoria ou outro benefício do governo.

Veja o que não te contaram sobre os valores da nova rodada do auxílio emergencial 2021 clicando aqui. 

2 Comentários
  1. Georgiane Andrade Diz

    E verdade Pura, a maioria das pessoas ja mudaram o numero de celular ou watzap. Eles dizem que nao querem aglomeracao e e so no que vai dar

  2. Josy silva Diz

    Não sei para que msg pelo zap, se tem pessoas que não tem mais nem o número do cel no qual fizeram o cadastro. Bastava a consulta no dataprev como vem acontecendo… esse povo só complica. Aff!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.