Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio emergencial 2021: Saques da 6ª parcela e pagamento da 7ª; confira o calendário

O programa deve ser de fato encerrado no dia 31 de outubro com o fim dos depósitos da sétima parcela do benefício.

Até o momento do Governo Federal não confirmou nenhuma prorrogação para o auxílio emergencial. Sendo assim, o programa deve ser de fato encerrado no dia 31 de outubro com o fim dos depósitos da sétima parcela do benefício.

Veja também: Auxílio emergencial com mais 6 parcelas até 2022

No entanto, pressionado pela possibilidade de o Auxílio Brasil não ser implementado, o governo passou a estudar uma nova extensão para o coronavoucher.

Nesta quarta-feira, 06 de outubro, o Governo Federal faz, por meio da CAIXA, a liberação de um novo lote de pagamentos do auxílio emergencial. O banco fará a concessão de crédito por meio de saques em espécie ou transferências. Sendo assim, quem já recebeu o valor da 6ª parcela por meio de depósito já poderá efetuar a retirada da grana.

De acordo com informações da CAIXA Econômica Federal, o cronograma de saques do benefício será liberado conforme o dia de nascimento de cada trabalhador. Hoje, dia 06 de outubro, a liberação acontece para os trabalhadores informais inscritos no auxílio via site ou CadÚnico e que são nascidos em abril. Os nascidos de janeiro a março já tiveram a liberação dos valores.

Quem pode receber o Auxílio Emergencial 2021?

  • Cidadão com mais de 18 anos;
  • Trabalhador informal;
  • Quem possui renda bruta familiar de até três salários mínimos (R$ 3.300);
  • Quem possui renda per capita familiar igual ou inferior a meio salário mínimo (R$ 550);
  • Beneficiário do auxílio emergencial em 2020;
  • Beneficiário do Bolsa Família, desde a quantia seja a mais vantajosa.

Quem não pode receber o Auxílio Emergencial 2021?

  • Segurados de qualquer tipo de benefício previdenciário, assistencial ou trabalhista, ou de transferência de renda do governo em 2020, com exceção do Bolsa Família e abono salarial.
  • Residentes médicos, multiprofissionais, beneficiários de bolsas de estudo, estagiários e similares;
  • Quem teve rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 ou rendimentos isentos acima de R$ 40 mil e nem ser dono de bens de valor superior a R$ 300 mil no fim de 2019.

Calendário de saques da 6ª parcela do Auxílio Emergencial 2021

A Caixa Econômica Federal começou a liberar na última segunda-feira (4), os saques e transferências da sexta parcela do auxílio. Na ocasião, já puderam ter acesso ao benefício, os cidadãos nascidos no mês de janeiro. Hoje (06), podem sacar os beneficiários nascidos em abril e assim sucessivamente.

Mês de nascimento Datas para os saques
Janeiro 4 de outubro
Fevereiro 5 de outubro
Março 5 de outubro
Abril 6 de outubro
Maio 8 de outubro
Junho 11 de outubro
Julho 13 de outubro
Agosto 14 de outubro
Setembro 15 de outubro
Outubro 18 de outubro
Novembro 19 de outubro
Dezembro 19 de outubro

 

7ª parcela do auxílio emergencial

Os pagamentos da 6ª parcela por meio de depósitos já encerram. Sendo assim, já começaram as movimentações visando a liberação da 7ª parcela do benefício, até então a última da prorrogação. O Governo Federal ainda segue estudando a extensão do benefício por mais tempo.

Os depósitos referente a 7ª parcela estão previstos para iniciarem no dia 20 de outubro. Essa liberação ocorrerá por meio de depósitos nas contas dos usuários. A liberação digital vai continuar até 31 de outubro, momento em que os trabalhadores nascidos em dezembro receberão o benefício.

O calendário de saques da 7ª parcela terá início no dia seguinte, ou seja, no dia 1º de novembro deste ano. A liberação do dinheiro em espécie continuará até o dia 19 de novembro.

Calendário de pagamentos da 7ª parcela do Auxílio Emergencial 2021

Público Geral:

Mês de nascimento Depósitos Saques
Janeiro 20 de outubro 1º de novembro
Fevereiro 21 de outubro 3 de novembro
Março 22 de outubro 4 de novembro
Abril 23 de outubro 5 de novembro
Maio 23 de outubro 9 de novembro
Junho 26 de outubro 10 de novembro
Julho 27 de outubro 11 de novembro
Agosto 28 de outubro 12 de novembro
Setembro 29 de outubro 16 de novembro
Outubro 30 de outubro 17 de novembro
Novembro 30 de outubro 18 de novembro
Dezembro 31 de outubro 19 de novembro

 

Bolsa Família:

Nº final do NIS Datas de pagamento
NIS 1 18 de outubro
NIS 2 19 de outubro
NIS 3 20 de outubro
NIS 4 21 de outubro
NIS 5 22 de outubro
NIS 6 25 de outubro
NIS 7 26 de outubro
NIS 8 27 de outubro
NIS 9 28 de outubro
NIS 0 29 de outubro

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Sem comentários
  1. Leandro de Jesus Santos Diz

    Leandro de Jesus Santos

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.