Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio emergencial 2021: quando começam os saques da 5ª parcela

De acordo com as informações do calendário oficial do Auxílio Emergencial, é possível saber as datas dos saques do programa

O Governo Federal começou na última semana os pagamentos da 5ª parcela do Auxílio Emergencial. Trata-se portanto do primeiro ciclo de repasses da prorrogação do benefício. Alguns grupos receberam esse dinheiro. No entanto, no caso dos informais, eles terão que esperar mais um pouco para conseguir sacar essa quantia.

É que de acordo com as regras do programa em questão, os informais precisam seguir dois calendários. O primeiro é o da liberação da montante de forma digital. É exatamente isto o que está acontecendo nos últimos dias. Neste primeiro momento, as pessoas podem usar o dinheiro para pagar contas e até mesmo fazer algumas compras online ou presenciais em alguns lugares que aceitam essa quantia.

Quem recebeu esse dinheiro da quinta parcela agora está se perguntando sobre a possibilidade de saque. Quando isso vai acontecer? A Caixa Econômica Federal liberou esse segundo calendário há alguns dias. Então já é possível saber quando cada pessoa vai poder ir até a agência e realizar o saque do benefício.

Quem nasceu em janeiro, por exemplo, recebeu a quinta parcela do programa no último dia 20 de agosto. Essas pessoas poderão retirar esse dinheiro em espécie a partir do próximo dia 1 de setembro. Quem nasceu em fevereiro recebeu essa quantia no dia 21 de agosto e vai poder fazer o saque do montante no dia 2 de setembro.

Vale lembrar que o cidadão só vai poder sacar aquilo que não usou de forma digital. Então se o usuário não gastar nada do dinheiro que recebeu, então ele vai ter o valor completo à disposição para fazer o saque. Por outro lado, se ele usou tudo, então não vai poder sacar nada no dia da liberação do Governo.

Inclusão digital

Todo essa questão sobre os saques do Auxílio Emergencial acabam levantando um debate sobre inclusão digital no Brasil. É que boa parte das pessoas ainda não possui conexão com internet para realizar boa parte desses procedimentos.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, cerca de 70% dos usuários do Auxílio Emergencial costumam movimentar o dinheiro dos pagamentos de forma digital. Isto é, eles conseguem usar o aplicativo Caixa Tem ou pelo menos o Internet banking.

Esse dado, no entanto, mostra também que cerca de 30% dos usuários do programa não usam esses dispositivos. Pelo menos uma parte deles alega que não faz isso justamente por causa da falta de conexão com internet de qualidade.

Além dos informais do Auxílio Emergencial

De acordo com informações da própria Caixa Econômica Federal, esse estilo de repasse que separa os pagamentos digitais das datas dos saques só serve para os informais do Auxílio Emergencial. Os outros grupos seguem outras lógicas.

Quem está recebendo esse dinheiro através do Bolsa Família, por exemplo, segue apenas uma data de liberação. Neste caso, é o mesmo dia do repasse da quantia. Isso quer dizer portanto que eles não precisam esperar por uma segunda data.

De acordo com o Ministério da Cidadania, cerca de 10 milhões de usuários do Auxílio são naturais do Bolsa Família. Assim que o programa emergencial chegar ao fim, eles deverão voltar automaticamente para o seu projeto original.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.