Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.4/5 - (37 votes)

Auxílio emergencial 2021 pode ter nova parcela ainda em novembro? Veja

O Auxílio Emergencial foi implementado no início da pandemia ocasionada pela Covid-19 com o objetivo de ajudar os cidadãos com a renda comprometida diante as restrições sociais, como autônomos, profissionais informais, entre outros.

A Caixa Econômica Federal liberou na última sexta-feira (19) os saques da sétima parcela do Auxílio Emergencial para os beneficiários nascidos em dezembro. Com isso, o fim do programa que teve início em 2020 deve ser considerado.

Veja também: Auxílio Brasil: Horários das agências da Caixa nesta semana

Com o encerramento do calendário, mais de 22 milhões de pessoas se preocupam com o fato de que não receberão mais apoio do Governo Federal este ano. Diante disso, expectativas são criadas para a liberação de uma oitava parcela.

O Auxílio Emergencial foi implementado no início da pandemia ocasionada pela Covid-19 com o objetivo de ajudar os cidadãos com a renda comprometida diante as restrições sociais, como autônomos, profissionais informais, entre outros. Parcelas com valores variados de R$ 150 a R$ 375 foram distribuídas por sete meses em 2021.

O Auxílio Emergencial será prorrogado?

Vale salientar que para tornar a prorrogação do coronavoucher possível algumas expectativas do Governo Federal precisam ser anuladas, a destacar a aprovação da PEC dos Precatórios. A medida visa criar espaço no Orçamento da União de 2022 liberando recursos para o financiamento do Auxílio Brasil.

O novo programa social está substituindo o Bolsa Família. Com o dinheiro dos precatórios será possível que o presidente da república, Jair Bolsonaro, cumpra sua promessa de viabilizar mensalidades médias no valor de R$ 400 para cerca de 17 milhões de famílias em situação de vulnerabilidade.

Diante disso, somente se os planos para o Auxílio Brasil derem errado, o Governo deverá editar uma nova Medida Provisória para liberar mais uma rodada do Auxílio Emergencial. Todavia, apoiadores de Bolsonaro pressionam o chefe do Executivo a conceder uma nova prorrogação.

Isso porque, 2022 é ano eleitoral e o presidente da república pode ser mal visto considerando as mais de 22 milhões de pessoas desamparadas economicamente. Contudo, para saber mais sobre esse caso é preciso estar atendo as informações das próximas semanas.

3.4/5 - (37 votes)

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

2 Comentários
  1. Isabel Diz

    Se tem dinheiro para pagar 400,00 reais com o novo plano,por que não tem para pagar 150,00 às pessoas que nem estão no programa,fim do renda Brasil, e SIM ao auxílio emergencial para todos.

  2. Solange Diz

    Sou informal tenho 59 anos; Deus me abençoa com ajuda de parentes, e até conhecidos! Tenho Ritimia Cardíaca, fiz cirurgia de TIREOIDICTOMIA TOTAL! Tomo muitos remédios; não consegui até agora nem uma faxina! Mais como votei de graça, pois vai ser de graça que eu não darei meu voto para nenhum deles!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.