Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (1 vote)

Auxílio emergencial 2021: CAIXA encerra depósitos da 6ª parcela e começa saques

CAIXA encerra depósitos da 6ª parcela e começa saques. Não há tempo a perder. No último domingo, 03 de outubro, a Caixa Econômica Federal concluiu os depósitos da 6ª parcela do auxílio emergencial. Na ocasião, os nascidos em dezembro receberam o lote por meio de depósitos. Agora, com o fim dos depósitos, o calendário de saques em espécie do benefício já começou.

Veja também: Auxílio emergencial: Bolsonaro afirma que a prorrogação pode ser mantida

Os depósitos para os nascidos de janeiro a dezembro já foram feitos pelo banco. Agora, hoje, segunda-feira, 04 de outubro, a CAIXA inicia os saques do benefício em espécie. Os nascidos em janeiro serão os primeiros a serem liberados.

Amanhã, terça-feira, 05 de outubro, os nascidos em fevereiro e março poderão efetuar o saque. Na quarta, 06 de outubro, os aniversariantes de abril poderão se dirigir até a agência da CAIXA.

Sendo assim, o trabalhador que estiver no dia de efetuar o saque poderá se dirigir até uma agência da Caixa Econômica Federal e retirar o dinheiro em espécie. Atenção ao funcionamento das unidades do banco!

As agências da Caixa Econômica se encontram em funcionamento de segunda a sexta-feira, de 8h às 13h. Segundo a instituição, não há necessidades que os cidadãos cheguem antes do horário de funcionamento do banco, pois todas as pessoas que procurarem atendimento serão prontamente atendidas.

Como realizar o saque do auxílio emergencial

Para realizar o saque do auxílio emergencial é muito simples. Para isso, será necessário, primeiramente, que o cidadão interessado  faça login em seu aplicativo Caixa Tem. Em seguida, deverá escolher a opção “saque sem cartão” e depois “gerar código de saque”.

Após realizar este primeiro passo, então, o cidadão deve inserir sua senha para ter acesso ao código gerado na tela de seu telefone celular.

Nesse sentido, é importante frisar que a sequencia possui validade de apenas 60 minutos. Portanto, o beneficiário deverá usá-lo antes que sua validade expire. O código deverá ser utilizado para efetuar o saque em dinheiro em alguma das agências físicas da Caixa Econômica Federal, nas casas lotéricas ou em algum correspondente Caixa Aqui devidamente credenciado.

Calendário de depósitos da 6ª parcela do auxílio emergencial – Público Geral

Mês de nascimento Datas de pagamento
Janeiro 21 de setembro
Fevereiro 22 de setembro
Março 23 de setembro
Abril 24 de setembro
Maio 25 de setembro
Junho 26 de setembro
Julho 28 de setembro
Agosto 29 de setembro
Setembro 20 de setembro
Outubro 01 de setembro
Novembro 02 de outubro
Dezembro 03 de outubro

 

Calendário de saques da 6ª parcela do auxílio emergencial – Público Geral

Mês de nascimento Datas de saques
Janeiro 4 de outubro
Fevereiro 5 de outubro
Março 5 de outubro
Abril 6 de outubro
Maio 8 de outubro
Junho 11 de outubro
Julho 13 de outubro
Agosto 14 de outubro
Setembro 15 de outubro
Outubro 18 de outubro
Novembro 19 de outubro
Dezembro 19 de outubro

Auxílio emergencial 2021: veja quem pode receber

Antes de solicitar o processo de contestação o cidadão deve primeira checar se o mesmo cumpre todos os critérios necessários. De acordo com o formato atual do programa assistencial, então, é necessário:

  • Possuir renda total do grupo familiar de até três salários mínimos (R$ 3.300); 
  • Só será permitida o pagamento de uma cota por grupo familiar; 
  • Ter mais de 18 anos; 
  • Não possuir qualquer vínculo de emprego formal; 
  • Não ter tido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 ou rendimentos isentos acima de R$ 40 mil e nem ser dono de bens de valor superior a R$ 300 mil no fim de 2019; 
  • Estão excluídos os residentes médicos, multiprofissionais, beneficiários de bolsas de estudo, estagiários e similares; 
  • Ficam de fora também as pessoas que receberam qualquer tipo de benefício previdenciário, assistencial ou trabalhista ou de transferência de renda do governo em 2020, com exceção do Bolsa Família e abono salarial.
5/5 - (1 vote)

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

1 comentário
  1. Carlos Augusto Diz

    Um absurdão é vc reclamar, em todos os órgãos, e ficar de empurra empurra, não tem recebido as três ultimas parcelas e só receber noticias negativas e as contestaçoes sem solução, ninguém da respostas concretas e a quem recorrer.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.