Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.4/5 - (13 votes)

Auxílio Brasil: veja quando o Governo deverá abrir novas vagas para o programa

Governo já tem data para abrir novas vagas para o Auxílio Brasil. Ideia é que novatos não entrem no primeiro pagamento

O Governo Federal já anunciou que não vai aumentar o número de usuários do Auxílio Brasil neste mês de novembro. De acordo com as informações oficiais, o primeiro pagamento do novo Bolsa Família só vai cair na conta daqueles que estavam no programa original. Estamos falando de algo em torno de 14,6 milhões de pessoas.

Mas quem não faz parte deste grupo também vai poder entrar no benefício. A diferença é que isso só vai acontecer a partir do segundo pagamento. E ele está marcado para acontecer em dezembro deste ano. A partir do dia 10 do último mês do ano o Governo vai poder fazer essa liberação para os usuários novatos.

Só que vale lembrar que o número de novas vagas não deve ser muito grande. Ou pelo menos não deve ser suficiente para contemplar todas as pessoas ao mesmo tempo. De acordo com o próprio Ministério da Cidadania, o Bolsa Família atende atualmente 14,6 milhões de brasileiros, e esse número deve subir para a casa dos 17 milhões.

Só que é preciso considerar que algo em torno de 2 milhões de pessoas estão na fila de espera do Bolsa Família. E todos esses cidadãos entrarão no projeto em dezembro. Eles terão uma espécie de prioridade. Isso porque se sabe que eles já estão esperando por essas vagas há muito tempo.

Na prática, o que tudo isso quer dizer é que muita gente vai acabar ficando de fora do Auxílio Brasil. E o fato é que o próprio Governo Federal está admitindo isso. Em entrevista recente, o Ministro da Cidadania, João Roma, disse que cerca de 25 milhões de brasileiros que estavam recebendo alguma ajuda do Planalto em outubro passarão a ficar sem nada em novembro.

Como se inscrever?

O Governo Federal não lançou nenhum tipo de site de inscrição ou pelo menos formulário online para os cidadãos interessados no programa. Basicamente seguirão valendo os mesmos métodos de entrada no benefício.

Isso quer dizer, portanto, que quem quiser entrar no programa vai ter que ter um cadastro ativo no Cadúnico. Quem ainda não tem, ou tem mas está com a conta desatualizada, precisa ligar para o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) da sua cidade.

Cada município tem a sua própria lógica de inscrição. É por isso que é tão importante prestar atenção nas regras da sua cidade. Isso pode ser decisivo para definir as pessoas que podem e quem não podem receber o dinheiro.

Além do Auxílio Brasil

Vale lembrar que não é só o Auxílio Brasil que está tirando o sono do Governo Federal agora. Na mesa de discussão ainda não estão faltando ideias e reclamações. Boa parte delas é sobre a criação de programas para pessoas carentes.

Um dos pontos de discussão é sobre o Auxílio Emergencial. Oficialmente, o projeto chegou ao fim no último dia 31 de outubro. Só que uma ala do Governo ainda aposta que eles irão conseguir prorrogar o benefício por mais alguns meses.

Além disso, há indefinições ainda sobre a questão do vale-gás. Recentemente, o Congresso Nacional aprovou um texto sobre o assunto. Só que pelo menos até a publicação desta matéria, não se sabe se o Presidente Jair Bolsonaro vai sancionar ou vetar esta ideia.

3.4/5 - (13 votes)

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

2 Comentários
  1. Vitória Diz

    N estou conseguindo me cadastrar

  2. Vitória Diz

    Como fasso pra me escrever

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.