Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Auxílio Brasil: veja a quantidade de usuários de março por estado

De acordo com o Ministério da Cidadania, o estado que mais possuis usuários do Auxílio Brasil em março é a Bahia

O Governo Federal divulgou nesta semana a quantidade exata dos usuários do Auxílio Brasil para este mês de março. Em termos gerais, o número de beneficiários subiu de 18 milhões em fevereiro para pouco mais de 18,02 milhões neste mês de março. Portanto, eles registraram um aumento de pouco mais de 2 mil pessoas.

O Palácio do Planalto também detalhou esses números nos estados. De acordo com o Ministério da Cidadania, a unidade da federação que mais possui usuários no benefício neste momento é a Bahia com pouco mais de 2,2 milhões de pessoas, seguido de São Paulo com mais de 2,1 milhões de atendidos.

Veja no quadro abaixo:

Reprodução: Ministério da Cidadania

Como se vê, há uma grande concentração de usuários do Auxílio Brasil nos nove estados do Nordeste. De acordo com as informações do Ministério da Cidadania, essa é uma lógica que já tinha sido vista nos pagamentos dos meses de janeiro e de fevereiro deste ano também. Portanto, é uma tendência que se mantém.

De acordo com o Ministério da Cidadania, essa é a quinta rodada oficial de pagamentos do Auxílio Brasil, que teve seu primeiro repasse ainda em novembro de 2021. Neste mês de março, as liberações começaram ainda na última sexta-feira (18). Os usuários que possuem o Número de Inscrição Social (NIS) terminando em 1, 2, 3, 4 e 5 já podem mexer no saldo.

Ainda de acordo com a pasta, esses pagamentos deverão seguir até o próximo dia 31 deste mês. Dessa forma, todos os grupos poderão receber esse benefício até esta data. Segue valendo a regra de que os repasses acontecem sempre nos 10 últimos dias úteis de cada mês. Veja abaixo o calendário detalhado de março:

Reprodução: Ministério da Cidadania

Quem pode receber

De acordo com o Ministério da Cidadania, os pagamentos do Auxilio Brasil são destinados às pessoas que estão em situação de vulnerabilidade econômica e social. Esses cidadãos podem receber ao menos R$ 400 todos os meses.

Para fazer parte do projeto é preciso primeiramente ter um cadastro ativo no Cadúnico que esteja atualizado nos últimos 24 meses. Além disso, é preciso ter uma renda per capita que se encaixe nas regras exigidas.

Quem está em situação de extrema-pobreza, por exemplo, pode receber o benefício diretamente. Já as pessoas que estão em condição de pobreza até podem ter esse direito desde que morem com uma gestante ou ao menos um menor de 21 anos de idade

Aumento no Auxílio

 Informações que circulam nos bastidores dão conta que o Governo Federal está neste momento em um processo de debates sobre a questão de um possível aumento no valor do Auxílio Brasil. Isso aconteceria como uma espécie de resposta ao mais recente aumento nos preços dos combustíveis no país.

Segundo membros do Ministério da Economia, o plano é aumentar o valor desse benefício em mais R$ 50 ou R$ 100. Assim, os usuários poderiam receber no mínimo R$ 500 por mês. Todavia, o martelo ainda não foi batido sobre esse assunto.

Enquanto o Governo Federal não toma uma decisão, seguem valendo as regras gerais que estão de pé agora. Os próximos pagamentos do Auxílio Brasil deverão acontecer no mês de abril, junto com os repasses do vale-gás nacional.

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.