Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.6/5 - (5 votes)

Auxílio Brasil: três grupos recebem sétima rodada nesta semana

Segundo informações do Governo Federal, três grupos devem receber o Auxílio Brasil ainda nesta semana

Três grupos de usuários voltam a receber o dinheiro do Auxílio Brasil ainda nesta semana. Segundo dados do calendário oficial de pagamentos, a sétima rodada do programa começa oficialmente a ser paga já na próxima quarta-feira (18), para os usuários que possuem o Número de Inscrição Social (NIS) final 1.

Abaixo você pode conferir como fica o calendário do Auxílio Brasil nesta semana.

  • Quarta-feira (18): Usuários que possuem o Número de Inscrição Social (NIS) final 1
  • Quinta-feira (19): Usuários que possuem o Número de Inscrição Social (NIS) final 2
  • Sexta-feira (20): Usuários que possuem o Número de Inscrição Social (NIS) final 3

Não é necessário realizar nenhum tipo de solicitação do dinheiro. O Governo explica que as pessoas que já estão na folha de pagamentos, e já receberam alguma parcela do Auxílio Brasil, devem entrar para os repasses de maio automaticamente, desde que sigam obedecendo todas as normas de permanência no benefício social.

Quem não recebeu nenhuma parcela do Auxílio Brasil também poderá entrar no benefício sem precisar realizar nenhum tipo de inscrição direta. O Ministério da Cidadania esclarece que os repasses acontecem automaticamente, desde que o cidadão siga todas as regras de entrada no projeto social do Governo Federal.

As regras seguem as mesmas vistas em repasses anteriores. É preciso ter um cadastro ativo e atualizado no sistema do Cadúnico. Além disso, é preciso se registrar como um cidadão que esteja em situação de extrema-pobreza. Quem está em condição de pobreza também pode receber desde que more com uma gestante ou um menor de 21 anos.

Mudanças no Auxílio

Há pouco mais de uma semana, o Congresso Nacional aprovou uma Medida Provisória (MP) que transforma o Auxílio Brasil de R$ 400 em uma lei permanente. O texto passou pela aprovação na Câmara dos Deputados e também no Senado Federal.

No entanto, a MP ainda não foi oficialmente sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL). Assim, as regras definidas pelos parlamentares ainda não tem valor de fato até o momento e não possuem influência nos repasses de maio.

Todavia, mesmo que as regras já valessem agora, elas não alterariam as principais normas do Auxílio Brasil. O programa seguiria pagando ao menos R$ 400 por pessoa e manteria as mesmas exigências de entrada.

Sanção

Como dito, o presidente Jair Bolsonaro ainda não sancionou as mudanças no Auxílio Brasil. De toda forma, informações de bastidores apontam que ele sancionará as alterações o mais rapidamente possível nesta semana.

Informações que circulam pela imprensa mostram que a ideia do Governo Federal é realizar um evento no Palácio do Planalto para marcar a sanção. Portanto, há uma chance de a assinatura ser transmitida ao vivo.

Para este mês de maio, não há previsão de pagamentos do vale-gás nacional. A expectativa é que os repasses do programa social sejam retomados apenas no próximo mês de junho. Assim como acontece com o Auxílio Brasil, também não há necessidade de solicitar o benefício.

3.6/5 - (5 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

1 comentário
  1. Charles viana Neves Diz

    Quero fazer auxilio brasil

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.