Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (1 vote)

Auxílio Brasil tem chances de chegar ao valor de R$ 600? Governo responde

Mesmo diante da pressão do Centrão para aumentar o Auxílio Brasil para R$ 600, isso tem poucas chances de acontecer

Na tarde do último domingo (19), uma informação de bastidor começou a circular com força nas redes sociais. É que, de acordo com o jornalista Lauro Jardim, do jornal O Globo, membros do grupo político conhecido como Centrão passaram a fazer pressão no Governo Federal para um novo aumento do Auxílio Brasil. Agora seria para a casa dos R$ 600.

Essa informação é verdadeira. De fato, o Centrão está trabalhando para tentar fazer isso. Eles acreditam que o Presidente Jair Bolsonaro precisa aumentar o valor do benefício para a casa dos R$ 600. O motivo: eles acreditam que a popularidade do chefe de estado está em baixa, com base nas últimas pesquisas de opinião divulgadas.

Desde a divulgação dessa pesquisa, vários internautas começaram a cogitar nas redes sociais que a possibilidade de aumento do valor para R$ 600 poderia acontecer. Entretanto, de acordo com informações de bastidores, isso vai ser muito difícil de sair do papel. Hoje, o Governo segue trabalhando com o patamar mínimo de R$ 400.

Em entrevistas recentes, membros do Palácio do Planalto estão dizendo que não acreditam nos levantamentos de institutos de pesquisa como Ipec e Datafolha. Dessa forma, eles dizem ser inconcebível que a popularidade do Presidente Jair Bolsonaro esteja tão baixa neste momento, logo, não veem a necessidade de um novo aumento.

Além disso, há a questão do orçamento. Membros do Governo Federal dizem que haveria um grande risco em aumentar o Auxílio Brasil para a casa dos R$ 600. De acordo com o Ministro da Economia, Paulo Guedes, isso poderia trazer efeitos desastrosos para as finanças públicas nos próximos anos.

Auxílio de R$ 600

Não seria a primeira vez que o Governo Federal pagaria um programa de R$ 600 para a população. Isso aconteceu no ano passado, durante os primeiros meses do Auxílio Emergencial.

Acontece, no entanto, que o contexto em 2020 era outro. O país estava sob a batuta do período de calamidade pública, o que possibilitava gastar mais do que o teto de gastos permitia. Essa lógica não está se repetindo agora.

Quem está recebendo?

De acordo com as informações oficiais, neste momento cerca de 14,5 milhões de famílias estão recebendo o Auxílio Brasil, pegando parcelas mínimas de R$ 400 segundo informações do Governo Federal.

Neste primeiro momento, apenas as pessoas que estavam no Bolsa Família até outubro é que estão tendo direito de receber o benefício em questão. Ninguém mais além deles teve direito de entrar no projeto, pelo menos não até aqui

Quem vai poder entrar?

Consoante o próprio Ministério da Cidadania, a ideia do Governo Federal é inserir mais gente no benefício já neste próximo mês de janeiro. Eles estão prometendo aumentar o número de usuários para a casa dos 17 milhões.

A ideia agora é dar vagas para as pessoas que não estavam no Bolsa Família mas que querem entrar, tendo como prioridade as famílias que estão na fila de espera do programa em questão. Pelo menos é o que se sabe até aqui.

5/5 - (1 vote)

Veja o que é sucesso na Internet:

4 Comentários
  1. Ivonete Diz

    Isso vergonha ,maes solo, sem recebe auxilio, famílias perderam 3mprego passando fome necessidades, e ficaram fora auxilio brasil

  2. Adilson Prucho Jerônimo Diz

    Meu nome e Adilson prucho Jerônimo estava trabalhar fui mandou embora em novembro de 2020 so deficientes de um acidente que sofri na função de lanteneiro hoje não tem reda Neuma né o auxílio do governo si pode mim ajudar mau Telefone e 21970447450 agradeço

  3. José Alves Fernandes Diz

    O governo Federal, sabe dos problema que, os mais sofridos os mais nescesitados é quem precisa deste auxílio.

  4. Juliana Mariano Soares Diz

    Sou do bolsa família não estou conseguindo receber o auxílio emergencial está bloqueado já fiz a contestação mais está demorando muito pra sair da análise sou mãe chefe de família

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.