Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4.4/5 - (5 votes)

Auxílio Brasil e Vale Gás serão pagos juntos

O novo Vale Gás do Governo Federal será pago de acordo com o calendário do Auxílio Brasil.

Segundo o Ministério da Cidadania, o Vale-Gás gás de R$ 52 começará a ser pago a partir da próxima terça-feira, 18 de janeiro, junto do Auxílio Brasil.

A nova quantia se destina a pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade social, totalizando cerca de 5,4 milhões de famílias.  

Desse modo, os depósitos ocorrerão segundo o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) de cada integrante da medida. 

Além disso, é importante lembrar que, para ter acesso ao Vale-Gás, não é necessário que as famílias efetuem novamente algum cadastro ou inscrição. Isto é, visto que a seleção dos beneficiários será  de forma automática pelo Ministério da Cidadania, de acordo com os critérios de participação do programa assistencial. 

Leia mais:

Auxílio Brasil: Como saber se irei receber?

Auxílio Brasil: como saber se vou receber o complemento do programa

Como será o pagamento?

De acordo com a Caixa Econômica Federal, os cartões do Auxílio Brasil poderão ser usados para o recebimento da do Vale-Gás. Assim, o saque dos valores poderá ser feito em qualquer agência do banco, nas casas lotéricas e também nos correspondentes credenciados Caixa Aqui. 

Além disso, a instituição também indica que os valores poderão ser movimentados pelos beneficiários por meio do aplicativo Caixa Tem.

Nesse sentido, os cidadãos devem se alertar, visto que os recursos devem ser movimentados dentro de 120 dias após a data de pagamento. Caso contrário, a quantia retornará aos cofres públicos. 

O Vale-Gás pago do Governo Federal, então, corresponderá a 50% do valor médio do botijão de gás de cozinha de 13 kg no Brasil. Ademais, o programa, que recebeu sanção em novembro, chegará aos participantes a cada dois meses. Isso significa, portanto, que depois dos depósitos deste mês, o próximo será em março.

A medida assistencial terá duração de 5 anos, com a previsão de 30 parcelas do benefício durante o período. 

Não serão apenas beneficiários do Auxílio Brasil

O governo pretendia atender cerca de 19 milhões de famílias através da medida. Isto é, 14,6 milhões que fazem parte do Auxílio Brasil e 4,7 milhões do BPC.

No entanto, houve a ampliação do número de participantes do Auxílio Brasil para 17,5 milhões a partir deste mês de janeiro. Assim, a gestão espera conseguir contemplar cerca de 22 milhões de famílias do país. 

De acordo com o Ministério da Cidadania, as famílias que já participam do Auxílio Brasil serão incluídas no benefício de forma gradual. A pasta estima, então, que até o mês de setembro de 2023 todos os beneficiários do Auxílio Brasil receberão o Vale-Gás. 

Nos primeiros 90 dias de execução da medida, terão prioridade de recebimento integrantes do Auxílio Brasil com menor renda e maior número de membros.

Critérios para participar do Vale-Gás

Primeiramente, para ter acesso ao valor, o grupo familiar interessado deverá possuir inscrição no CadÚnico, principal banco de dados do governo.

Ademais, também só poderão participar do auxílio gás famílias que possuem renda per capita mensal de até meio salário mínimo, ou seja, R$ 606. 

Famílias com membros que fazem parte do Benefício de Prestação Continuada (BPC), também poderão participar do benefício. Isto é, trata-se do benefício do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) a idosos que possuem mais de 65 anos e pessoas com deficiência.

Novos beneficiários do Auxílio Brasil podem usar o aplicativo Caixa Tem

De acordo com o atual presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães, a partir deste mês de janeiro cerca de 3 milhões de famílias serão acrescentadas na folha de pagamento do Auxílio Brasil. Com isso, o programa deverá chegar a 17,5 milhões de lares no Brasil. 

O Ministério da Cidadania anunciou, então, com a entrada destas 3 milhões de famílias, a fila de espera do Auxílio Brasil de 2021 foi zerada.

Assim que foram selecionadas, estas famílias receberiam duas cartas do Governo Federal: uma com orientações e outra com seu cartão. Contudo, é possível que ainda este ainda não tenha chegado.

Nesse sentido, segundo Guimarães, estes novo integrantes poderão movimentar os valores por meio do aplicativo Caixa Tem até que recebam os cartões do benefício. 

Portanto, com o aplicativo Caixa Tem, é possível verificar se participará do programa e usar de seus valores, inclusive do Vale-Gás, quando estes chegarem.

Leia mais:

Auxílio Brasil: quem tem cartão do Bolsa Família vai poder trocar?

Auxílio Brasil de R$ 400 melhorará o PIB deste ano

O Governo Federal acredita que o Auxílio Brasil de R$ 400 será um fator essencial para reaquecer a economia durante este ano de 2022.

Especialistas econômicos estimam um índice de crescimento bem próximo de zero para o país neste ano. No entanto, esta semana, o Banco Mundial reduziu sua expectativa para o crescimento da economia brasileira em 2022 de 2,5% para 1,4%. 

De acordo com o Boletim Focus, do Banco Central, o mercado atual indica um PIB de 0,22% para o país este ano. Contudo, oficialmente, o governo ainda defende sua estimativa de 2,1%. 

Assim, o Auxílio Brasil deve ser o responsável por injetar cerca R$ 90 bilhões na economia neste ano, sendo que R$ 30 bilhões já faziam parte do Orçamento direcionado ao Bolsa Família. Com isso, o valor adicional fica na casa dos R$ 50 bilhões. 

Para membros do governo, esta quantia será suficiente para proporcionar o retorno do consumo das famílias. Desse modo, será possível reaquecer a economia do país. 

O governo vai além do Auxílio Brasil

Paulo Guedes, atual ministro da Economia, acredita que os investimentos privados já firmados servirão de motor, dando início à retomada econômica do Brasil. 

Embora a gestão se mostre bem confiante sobre uma possível reação econômica, o governo também reconhece que o aumento da inflação e a necessidade do aumento da taxa de juros para a contenção da mesma acabam prejudicando a atividade econômica. No entanto, a questão não é vista como um problema que possui o potencial de paralisar o setor econômico. 

Desde o ano de 2019, o Programa de Parcerias e Investimentos (PPI), braço de concessões e privatizações da atual gestão, já efetuou leilões que contrataram cerca de R$ 700 bilhões em investimentos nos próximos 20 anos. 

Neste ano de 2022, os leilões podem gerar cerca R$ 311,3 bilhões em investimentos. Assim, são esses números que vêm sendo utilizados por Paulo Guedes para justificar o motivo de uma retomada econômica em 2022.

4.4/5 - (5 votes)
1 comentário
  1. Fatima Castro campos Diz

    Estou prcisando muito

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.