Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3/5 - (1 vote)

Auxílio Brasil de R$400 terá orçamento recorde em 2022

De acordo com informações do próprio Governo Federal, Auxílio Brasil vai ter um orçamento de quase R$ 85 bilhões em 2022

O Governo Federal está disposto a gastar dinheiro com o Auxílio Brasil. Pelo menos é isso o que apontam as projeção do próprio Palácio do Planalto. De acordo com as informações oficiais, eles estão pretendendo gastar cerca de R$ 84,7 bilhões com os pagamentos do programa em 2022.

Veja também: Auxílio emergencial volta amanhã com valor de R$375

Isso é quase o dobro do que se viu no orçamento deste ano, quando o valor chegou a ser de cerca de R$ 35 bilhões. O aumento tem óbvia relação com o fato de que o Bolsa Família vai virar Auxílio Brasil já a partir do final deste ano de 2022. Pelo menos é isso o que se sabe até este momento.

Em outubro, quando o Bolsa Família chegou ao fim, o programa estava atendendo algo em torno de 14,6 milhões de brasileiros. Eram pessoas que estavam em situação de vulnerabilidade social e que estavam recebendo valores mensais médios de R$ 189. Pelo menos é isso o que se sabe até aqui.

A expectativa do Governo é que isso mude completamente a partir de 2022. Eles querem aumentar o número de usuários para a casa dos 17 milhões. Isso quer dizer, portanto, que eles pretendem inserir mais cerca de 2,5 milhões de brasileiros no programa em questão. Além disso, eles querem subir também o valor médio dos pagamentos.

De acordo com o Presidente Jair Bolsonaro, o patamar dos repasses vai subir da atual média de R$ 189 para um patamar mínimo de R$ 400. Isso significa dizer que todos os 17 milhões de beneficiários do programa poderão receber pelo menos esse valor já a partir do próximo mês de dezembro deste ano.

Depende da PEC

Tudo isso, no entanto, vai depender da situação da PEC dos Precatórios. Para quem não sabe, esse é o documento que, se aprovado, permite a abertura de espaço dentro do teto de gastos. E isso abriria caminho para o aumento no valor do Auxílio Brasil.

Essa PEC dos Precatórios já passou pela aprovação da Câmara dos Deputados. Por lá, aliás, o Governo Federal conseguiu uma vitória em dois turnos. Agora, no entanto, o documento ainda está no Senado Federal.

Por lá, os senadores terão que aprovar o documento também em dois turnos. De acordo com informações de bastidores, membros do Governo Federal estão pessimistas com a possibilidade de aprovação nesta Casa.

Orçamento dividido

Vale lembrar que o orçamento do Auxílio Brasil para 2022 é dividido. Desses R$ 84,7 bilhões, apenas R$ 38,2 bilhões são permanentes. Os outros R$ 46,5 bilhões serão uma espécie de liberação temporária.

É justamente que está se dizendo por aí que o Auxílio Brasil poderia ser considerado um programa passageiro. Membros do próprio Governo Federal estão revelando que esse aumento para a casa dos R$ 400 deve chegar ao fim logo depois do fim das eleições.

Essa, contudo, ainda não é uma questão fechada. De acordo com as informações oficiais, o benefício em questão pode seguir pagando R$ 400. Mas para isso, o Governo teria que encontrar novas fontes de financiamento até o final do próximo ano.

3/5 - (1 vote)

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.