Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (1 vote)

Auxílio Brasil: Como usar o app?

Mais de 2 milhões de família entrarão no programa social, portanto, é importante entender como usar seu aplicativo.

Depois do fim de 2021, o Auxílio Brasil retorna neste mês de janeiro a partir do dia 18. Neste dia, então, poderão receber aqueles com Número de Identificação Social (NIS) de final 1.

Assim, os depósitos acontecerão em sequência, nos dias úteis do mês, até finalizar em 31 de janeiro, com quem tem NIS de final 0.

Além disso, segundo o Ministério da Cidadania, pasta responsável por coordenar o programa de transferência de renda, neste mês de janeiro, a fila de espera do Auxílio Brasil será zerada.

Isso significa, portanto, que haverá a inclusão de 2,7 milhões de famílias na folha de pagamento. Com isso, o benefício deverá chegar a cerca de 17 milhões de unidades familiares este mês.

Nesse sentido, aqueles que se enquadram nos critérios de participação poderão consultar sua situação por meio do site ou pelo do aplicativo Auxílio Brasil, através do número de seu CPF.

Em nota oficial, o Ministério da Cidadania informou que “vale lembrar que o Auxílio Brasil, como programa permanente, terá ingresso recorrente de novos beneficiários. O ingresso e a permanência das famílias ocorrem a partir da inscrição no Cadastro Único”.

Assim, é importante frisar que a inscrição no Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico) é uma das exigências para ter acesso valores do benefício. No entanto, apenas a inscrição não indica que o cidadão será imediatamente incluído na folha de pagamento do programa.

De acordo com o Ministério da Cidadania, a inclusão de novos participantes depende dos recursos financeiros, além do cumprimento dos demais critérios.

Calendário de Janeiro 2022

Os pagamentos do Auxílio Brasil continuarão seguindo os mesmos padrões. Isto é, sempre de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) de cada cidadão.

Confira a seguir o calendário do Ministério da Cidadania juntamente com a Caixa Econômica Federal para o mês de janeiro:

  • 18 de janeiro – NIS de final 1;
  • 19 de janeiro – NIS de final 2;
  • 20 de janeiro – NIS de final 3;
  • 21 de janeiro – NIS de final 4;
  • 24 de janeiro – NIS de final 5;
  • 25 de janeiro – NIS de final 6;
  • 26 de janeiro – NIS de final 7;
  • 27 de janeiro – NIS de final 8;
  • 28 de janeiro – NIS de final 9;
  • 31 de janeiro – NIS de final 0.

Ademais, até o fim de 2022, os beneficiários poderão o valor mínimo do Auxílio Brasil de R$ 400. Em conjunto, as valores poderão ser superiores com o acréscimo dos seguintes benefícios complementares:

  • Auxílio Criança Cidadã
  • Benefício Compensatório de Transição
  • Auxílio Esporte Escolar
  • Bolsa de Iniciação Científica Júnior
  • Auxílio Inclusão Produtiva Rural
  • Auxílio Inclusão Produtiva Urbana

A ampliação dos valores e do alcance do Auxílio Brasil ocorreu após da aprovação da PEC dos Precatórios. Esta Proposta de Emenda Constitucional, então, flexibilizou o pagamento de dívidas judiciais da União e alterou o formato de cálculo do teto de gastos.

Desse modo, o Governo Federal conseguir um espaço fiscal de cerca de R$ 106 bilhões no Orçamento deste ano, o que viabilizou a implementação do programa sucessor do Bolsa Família.

Como receber as parcelas do Auxílio Brasil?

Primeiramente, é importante reiterar que o Auxílio Brasil se destina somente para famílias em situação de pobreza ou extrema. Isto é, aquelas que:

  • Estão em situação de extrema pobreza, ou seja, com renda mensal de até R$ 105 por pessoa.
  • Estão em situação de pobreza, ou seja, que possuam renda entre R$ 105 e R$ 210 por pessoa. Além disso, estas também devem contar com gestantes, nutrizes ou crianças e jovens de 0 a 21 anos incompletos.

Então, caso o cidadão se enquadre em algumas destas situações, o primeiro passo para ter acesso ao Auxílio Brasil é realizar a inscrição no Cadastro Único.

Leia mais:

Auxílio Brasil: valor mínimo será de R$ 400 em janeiro

Auxílio Brasil: ainda posso entrar na lista oficial do Cadúnico?

Como realizar a consulta do Auxílio Brasil?

De acordo com o Ministério da Cidadania, os cidadãos que estão aptos para receberem a parcela do Auxílio Brasil paga neste mês de janeiro já podem conferir sua situação em relação ao benefício.

Nesse sentido, pensando nas mais de 2 milhões de famílias que entrarão no programa, é interessante que confiram sua situação.

Assim, as consultas podem ocorrer em:

  • Canal de Atendimento da Caixa, disponível pelo número 111;
  • Telefone do Ministério da Cidadania, disponível no número 121;
  • Aplicativos Caixa Tem e Auxílio Brasil.

Como utilizar o aplicativo do Auxílio Brasil?

Por meio do aplicativo oficial do Auxílio Brasil é possível acompanhar todo o calendário de pagamento das parcelas do benefício. Além disso, o usuário também poderá ver o status das parcelas e quais serão os valores receberá.

É importante frisar, contudo, que apenas beneficiários do Auxílio Brasil conseguirão utilizar o app e ter acesso a todas estas informações.

Assim, caso se enquadre nos critérios do Governo Federal, para utilizar o aplicativo será necessário somente que o cidadão interessado efetue o download do app. Este, então, está disponível nas principais plataformas, tanto iOS quanto Android.

  • Download do aplicativo

Primeiramente, o usuário deve ir na loja virtual de aplicativos de seu aparelho celular e efetuar o download do app Auxílio Brasil.

Neste momento, porém, é importante estar atento sobre quais sãos os desenvolvedores do software. Portanto, o aplicativo oficial do Auxílio Brasil é desenvolvido pela Caixa Econômica Federal. Assim, qualquer versão com que possua outro desenvolvedor deverá ser desconsiderada.

  • Inicie seu acesso

Abra o aplicativo e, em seguida, escolha a opção “Acessar”.

  • Escolha a forma de login

Caso o beneficiário escolha entrar com a conta Caixa Tem, digite seu CPF, e selecione a opção “Próximo” e, em seguida, insira a mesma senha do Caixa Tem.

No entanto, se escolher a segunda opção (Auxílio Brasil), a senha deve ser a mesma com que acessa o aplicativo. Se ainda não se cadastrou, clique em uma das opções, depois, em “Cadastre-se”, informe o número de seu CPF e siga os passos.

Como acessar o calendário pelo aplicativo?

O calendário oficial do Ministério da Cidadania com todas as todas as datas de pagamento também pode ser acessado no aplicativo do Auxílio Brasil.

Então, no aplicativo, o calendário pode ser acessado de duas maneiras diferentes:

  • Pela primeira opção, será necessário que o usuário selecione a opção “Calendário” na parte inferior do aplicativo, ao lado de “Benefícios” e “Mensagens”. Depois, escolha o último número do seu NIS.
  • Caso o beneficiário escolha a outra maneira, será necessário que o mesmo acesse o menu de opções, ou seja,  um ícone de três linhas, no canto superior esquerdo da tela, e escolha a opção “Calendário de pagamentos”.

Leia mais:

Auxílio Brasil: Confira o Calendário de 2022

5/5 - (1 vote)
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.