Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Auxílio Brasil: 22% dos brasileiros recebem benefício, diz pesquisa

De acordo com pesquisa do instituto Datafolha, quase 1/4 da população brasileira recebeu o Auxílio Brasil neste mês de junho

Quase 22% dos eleitores brasileiros estão aptos ao recebimento do Auxílio Brasil do Governo Federal. É o que aponta a nova pesquisa do instituto Datafolha divulgada no início desta semana. Segundo as informações do Ministério da Cidadania, pouco mais de 18,5 milhões de cidadãos estão dentro da folha de pagamentos do benefício neste momento.

A taxa total de usuários do Auxílio Brasil se mantém estável em relação aos números que se registraram nos últimos meses. Ainda de acordo com o Datafolha, em março, estimava-se que 23% da população brasileira tenha recebido o benefício. Já em maio, a taxa foi de 21%. As oscilações se mantiveram agora em junho.

O Datafolha divulgou um balanço do público que recebe o Auxílio Brasil. Veja abaixo o detalhamento dos números.

Por escolaridade

Estima-se que a maior parte dos usuários que fazem parte do Auxílio Brasil registram níveis de escolaridade mais baixos. Entre quem estudou apenas até o fim do ensino fundamental, 31% está dentro da folha de pagamentos neste momento.

Por ganhos salariais

Entre as pessoas que recebem até dois salários mínimos, estima-se que 34% recebam o Auxílio Brasil em junho. Vale lembrar que quanto maior é a renda de determinada família, menor é a chance de ser selecionado para o recebimento do benefício social em questão. Conforme as regras gerais, o limite de renda per capita permitido é de R$ 210.

Por indicações eleitorais

A pesquisa do Datafolha mostrou ainda que 28% dos prováveis eleitores de Lula afirmam que recebem o Auxílio Brasil agora em junho. A taxa é de 17% quando se considera apenas os prováveis eleitores do atual presidente Jair Bolsonaro (PL). O plano do Governo Federal, aliás, é aumentar esta taxa com a elevação do benefício no segundo semestre.

Por região

O Datafolha também separou a pesquisa por região. O Norte lidera com 37% de usuários do Auxílio Brasil. Logo depois vem o Nordeste com 35%, o Sudeste com 15%, o Sul com 13% e o Centro-Oeste com 13% também. O Nordeste é a região com mais usuários do programa, embora na porcentagem geral fique atrás do Norte por uma questão de tamanho da população.

Por avaliação do Governo Federal

Ainda de acordo com o levantamento do Datafolha, 18% dos usuários que classificam o governo Bolsonaro como ótimo/bom recebem o Auxílio Brasil. O mesmo vale para os 25% que consideram o governo regular.

Entre os que consideram o governo ruim ou péssimo, 22% recebem o benefício. Esta é a porcentagem de pessoas que mesmo recebendo o dinheiro do programa, acreditam que o presidente Jair Bolsonaro (PL) faz um trabalho ruim na presidência da República.

Pela cor

O Datafolha também mostra que o índice de usuários que recebem o Auxílio Brasil é maior entre pretos e pardos. Entre eles, 48% recebem o dinheiro do programa em junho. Entre os brancos, a porcentagem é de 14%.

A pesquisa sobre o Auxílio

O Instituto Datafolha ouviu 2.566 pessoas em entrevistas presenciais realizadas em 181 municípios do país. O levantamento aconteceu nos dias 22 e 23 de junho. A margem de erro é dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.