Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio Brasil 2021: Inscrições para o novo programa podem começar em outubro

Conforme as últimas discussões, o novo valor médio de aproximadamente R$ 300 será distribuído a partir do novembro.

Novo programa social já tem data definida para começar. O Governo Federal confirmou a consolidação do Auxílio Brasil, projeto que visa substituir o Bolsa Família. Conforme as últimas discussões, o novo valor médio de aproximadamente R$ 300 será distribuído a partir do novembro.

Como e quando começam as inscrições para o Auxílio Brasil?

Até o momento, a equipe técnica do novo programa não divulgou quando e nem como serão as inscrições. Todavia, já se sabe que para ter acesso ao benefício, os cidadãos obrigatoriamente devem estar registrados no CadÚnico. Para isso, basta acessar a plataforma ou comparecer ao CRAS e apresentar os seguintes documentos:

Para o responsável pela família – RF:

  • CPF ou Título de Eleitor.

Para os demais membros da família:

  • Qualquer um desses documentos para cada componente da família: Certidão de Nascimento, Certidão de Casamento, CPF, RG, Carteira de Trabalho ou Título de Eleitor.

Com relação ao prazo de inscrições, o Ministério da Cidadania ainda não o informou. No entanto, caso de fato a liberação do novo projeto ocorra em novembro, os contemplados devem ser selecionados até outubro.

O registro no CadÚnico não é garantia de vaga no Auxílio Brasil, isso porque, o Governo Federal fará uma triagem para selecionar os cidadãos que fato se encaixam nos critérios do programa.

Qual o valor do Auxílio Brasil?

Como outros aspectos, a mensalidade também não foi confirmada, mas segundo o presidente da república, Jair Bolsonaro, o benefício deve ter um valor médio de R$ 300. Para isso, será necessário implementar novos benefícios, sendo eles:

  • Benefício Primeira Infância: destinado às famílias com crianças entre 0 e 36 meses incompletos;
  • Benefício Composição Familiar: pago às famílias com jovens de até 21 anos;
  • Benefício de Superação da Extrema Pobreza: direcionado as famílias como complemento financeiro, caso a renda familiar per capita não tenha superado a linha de pobreza extrema após receber os abonos anteriores;
  • Bolsa de Iniciação Científica Junior: concedido por 12 meses a estudantes beneficiários do Auxílio Brasil com bom desempenho em competições acadêmicas e científicas;
  • Auxílio Criança Cidadã: benefício pago aos chefes de família que consigam emprego e não encontrem vagas em creches para deixar os filhos de 0 a 48 meses;
  • Auxílio Inclusão Produtiva Rural: disponibilizado por até 36 meses aos agricultores familiares inscritos no Cadastro Único;
  • Auxílio Inclusão Produtiva Urbana: pago a beneficiários do Auxílio Brasil que comprovem vínculo empregatício formal;
  • Benefício Compensatório de Transição: destinado as atuais famílias beneficiárias do Bolsa Família que perderem parte do valor recebido devido a migração para o novo programa social;
  • Auxílio Esporte Escolar: direcionado a estudantes entre 12 e 17 anos que sejam membros de famílias beneficiárias e que se destacarem nos Jogos Escolares Brasileiros.

Veja também: Caixa Tem 2021: Veja como gerar o código e sacar o benefício

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
3 Comentários
  1. Karla Pontes Diz

    Com eu fazor isso?

  2. Karla Pontes Diz

    Eu tenho um filho ele tem 1ano

  3. Manoel Maurino Filho Diz

    Eu quero a receber o auxílio Brasil estou precisando muito de está ajudar

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.