Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Atualidades: o governo de Joe Biden

Governo Biden nos EUA: um resumo

Joe Biden, do Partido Democrata, derrotou Donald Trump, republicano, nas eleições americanas de 2020. 

Os Estados Unidos se comportam como uma das principais potências mundiais. Assim, os eventos importantes do país geram consequências em escala internacional. 

Dessa maneira, é muito provável que os vestibulares abordem, em suas próximas edições, questões de Atualidades sobre o presente e o futuro do governo de Biden.

Governo Biden nos EUA: Introdução

Joe Biden, candidato do Partido Democrata, enfrentou e venceu o ex-presidente Donald Trump nas eleições de novembro de 2020.

Biden foi eleito com propostas de reformas inovadoras mas milionárias, que irão custar caro para os cofres públicos.

Governo Biden nos EUA: Injeção de recursos

Nem mesmo o presidente Franklin Delano Roosevelt havia injetado tanto dinheiro na economia americana quando iniciou o seu plano de recuperação, o New Deal, em 1933, após a qubra da Bolsa de New York, evento conhecido como Crise de 1929.

Biden propôs e colocou em prática uma ação para o combate à pandemia de COVID-19 da ordem de 1,9 trilhão de dólares. Essa diretriz previa 160 milhões de auxílios emergenciais no formato de cheques distribuídos para a população do país. 

Ainda, o presidente americano criou um projeto de infraestrutura e de educação, com investimentos que, juntos, somam mais de 4 trilhões de dólares. O objetivo é reformar essas duas grandes e fortes áreas do país, garantindo um futuro promissor. 

Biden conseguiu aprovar no Congresso o seu American Rescue Plan, Plano de Resgate Americano, que tem como objetivo estimular a economia dos Estados Unidos, que havia sido afetada pela pandemia em 2020. O plano prevê cerca de 2 trilhões de dólares para a criação de empregos e para a expansão de redes estatais e privadas.

Governo Biden nos EUA: Ordens Executivas

O presidente Biden assinou cerca de 40 ordens executivas até o presente momento, com o objetivo de revogar uma série de medidas que haviam sido tomadas pelo seu antecessor, o republicano Donald Trump. Dentre elas, podemos citar a obrigatoriedade do uso de máscaras em locais públicos e o retorno dos EUA para o Acordo de Paris.

Governo Biden nos EUA: A reação da mídia

Jornalistas de agências de notícias econômicas como a Bloomberg confessam que não acreditaram que Biden poderia ousar tanto em suas medidas econômicas. Dean Baker, membro da agência, afirma que se surpreendeu pelo fato do presidente ter abraçado uma agenda progressista e carregada de ambição.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.