Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

App do Auxílio Brasil ultrapassa marca de 10 milhões de downloads

De acordo com informações das próprias lojas de aplicativos, app do Auxílio bateu a marca de 10 milhões de downloads

O Governo Federal lançou no final da última semana o app oficial do Auxílio Brasil. Para quem não sabe, esse é o programa que deve substituir o Bolsa Família a partir deste mês de novembro. E apenas alguns dias depois do lançamento da aplicação, ele já atingiu mais de 10 milhões de downloads.

E esse número só considera os dados da Google Store, que é a loja de aplicativos que funciona para os dispositivos Android. Ainda falta entrar nesta lista, o número de downloads dos celulares IOS. De qualquer forma, já dá pra dizer que o programa está sendo muito baixado por várias pessoas.

Por esse número, não dá para dizer que mais de 10 milhões de brasileiros baixaram o app. Acontece que esse é o número de downloads e não de usuários. Pode ser que nesta lista algumas pessoas tenham baixado o app mais de uma vez. E isso pode ser mais uma prova de que há uma grande procura.

Esse número alto também não significa dizer que é necessariamente o app que é popular. De acordo com analistas, o que acontece é que tem muita gente preocupada com a questão dos pagamento do Auxílio Brasil. Os repasses, aliás, começaram oficialmente ainda nesta quarta-feira (17). É o que aponta o calendário.

Acontece que muita gente está baixando o app com o objetivo de se inscrever nos programas. São brasileiros que acreditam que vai acontecer a mesma coisa que aconteceu no início do Auxílio Emergencial, quando o Governo abriu inscrições através de um app. Só que agora não é assim que a situação está funcionando.

Sem inscrições pelo app

De fato, não há nenhuma maneira de inscrever no Auxílio Brasil através deste ou de qualquer outro aplicativo. Se você baixar um app que promete fazer essa inscrição, é preciso tomar cuidado porque pode se tratar de um golpe.

Isso porque o Governo Federal não abriu essa modalidade de inscrição este ano. Pelo que se sabe, quem quer entrar no Auxílio Brasil precisa se inscrever mesmo através do Cadúnico, que é a lista que reúne o nome das pessoas que estão em situação de vulnerabilidade.

Quem já tem Cadúnico, mas não está com os dados atualizados e quem não tem esta lista, precisa resolver isso em um posto de Centro de Referência em Assistência Social (CRAS). Cada município tem as suas próprias regras.

Auxílio Brasil

O Governo Federal começou os pagamentos do seu Auxílio Brasil nesta quarta-feira (17). Nesta primeira liberação, estão recebendo o dinheiro os brasileiros que possuem o Número de Inscrição Social (NIS) terminando em 1.

Para este primeiro pagamento, o valor do benefício ainda não será turbinado. Isso quer dizer, portanto, que os beneficiários ainda não ganharão R$ 400 por mês. De acordo com o Ministério da Cidadania, será algo em torno de R$ 220 neste primeiro momento.

Ainda segundo o Governo Federal, vale lembrar que um aumento para a casa dos R$ 400 só vai acontecer mesmo caso o Congresso Nacional aprove a PEC dos Precatórios em dois turnos. Isso ainda não aconteceu oficialmente

Avalie o Texto.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.