Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4.2/5 - (25 votes)

Abono salarial PIS/Pasep começa em janeiro de 2022; veja o valor

Após a decisão do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), que adiou a liberação, os trabalhadores receberão o benefício a partir do primeiro semestre de cada ano.

O Governo Federal iniciará o pagamento do abono salarial PIS/Pasep a partir de janeiro de 2022. Após a decisão do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), que adiou a liberação, os trabalhadores receberão o benefício a partir do primeiro semestre de cada ano.

Veja também: CAIXA libera valor de até R$ 100 mil aos negativados; veja como receber

O PIS (Programa de Integração Social) é destinado aos trabalhadores da iniciativa privada e, é gerenciado pela Caixa Econômica Federal. Já o Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) é pago aos servidores públicos, por meio do Banco do Brasil.

O pagamento adiado economizou cerca de R$ 8 bilhões, atingindo cerca de 10,8 milhões de brasileiros. O objetivo foi transferir a quantia para viabilizar uma nova rodada do Benefício de Manutenção do Emprego e da Renda (BEm).

Agora, o calendário de pagamento do PIS/Pasep só será disponibilizado em janeiro, após o governo avaliar as informações da RAIS (Relação Anual de Informações Sociais). Vale ressaltar que o benefício tem o valor reajustado anualmente conforme o salário mínimo em vigência.

Diante disso, segundo o Ministério da Economia, o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), que mede a inflação, será encerrado este ano em 9,1%. Considerando esse percentual para correção do piso nacional, o montante em 2022 terá um valor de R$ 1.200.

O valor do PIS/Pasep é proporcional ao período em que o trabalhador com carteira assinada realizou suas atividades. Sendo assim, confira a projeção referente a cada mês trabalhado no ano-base:

  • 1 mês: R$ 100;
  • 2 meses: R$ 200;
  • 3 meses: R$ 300;
  • 4 meses: R$ 400;
  • 5 meses: R$ 500;
  • 6 meses: R$ 600;
  • 7 meses: R$ 700;
  • 8 meses: R$ 800;
  • 9 meses: R$ 900;
  • 10 meses: R$ 1.000;
  • 11 meses: R$ 1.100;
  • 12 meses: R$ 1.200.

Vale ressaltar que para receber o abono salarial, o trabalhador deve:

  • Ter recebido, em média, até dois salários mínimos no ano-base;
  • Estar inscrito no sistema do PIS/Pasep há, pelo menos, 5 anos;
  • Ter trabalhado ao menos 30 dias no ano-base; e
  • Estar com as informações passadas corretamente pelo empregador ao RAIS do Governo Federal.
4.2/5 - (25 votes)

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.