Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

A Dinastia Stuart: um resumo para as provas!

A Dinastia Stuart: tudo aquilo que você precisa saber

A Dinastia Stuart foi uma importante dinastia que comandou a Escócia, a Irlanda e a Inglaterra por um período significativo da história da humanidade.

O assunto pode, sem dúvidas, aparecer nas principais provas do país. Assim, é fundamental que você domine as principais características dessa casa real para garantir um bom desempenho em suas provas.

A Dinastia Stuart: introdução

Com domínio de mais de cem anos na Inglaterra, a Dinastia Stuart causou grande impacto desde o ano de 1603. Uma dos principais acontecimentos em que a Dinastia esteve envolvida foi a Guerra Civil Inglesa, iniciada no ano de 1642, e que levou a casal real Stuart a assumir o poder.

Com origem escocesa, os Stuarts possuíam políticas absolutistas, transformando assim a religião, a sociedade e a economia inglesa.

A Dinastia Stuart: Acontecimentos marcantes

A Dinastia Stuart foi marcada pelo absolutismo desde seu primeiro rei, Jaime I. Durante seu reinado, o monarca causou descontentamento na alta burguesia inglesa, que estava acostumada com o desenvolvimento econômico comum na Era Tudor. Além disso, Jaime I era católico, o que incomodava a maioria protestante que vivia no país.

Com a sua morte, seu filho Carlos I assume o poder, aumentando ainda mais as divergências existentes no país.

Ao assumir o poder, Carlos I dissolveu o parlamento inglês e tentou impor a religião católica, com isso foi iniciada uma Guerra Civil, em que a oposição era liderada por Oliver Cromwell. Ao fim da guerra, Carlos I foi preso e decapitado, no evento que ficou conhecido como Revolução Puritana. Assim, a Dinastia Stuart ficou um período sem governar o país, uma vez que esse era liderado por Cromwell, na chamada República Commonwealth.

Após a morte de Cromwell, seu filho foi deposto com um ano no poder e Carlos II, filho do rei decapitado, voltou a comandar a Inglaterra, retomando, assim, o reinado da Dinastia Stuart. Seu governo teve caráter absolutista, assim como os seus antecessores, com inclinações ao catolicismo, causando uma grande divisão no parlamento inglês.

O sucessor de Carlos II foi Jaime II, que era abertamente a favor do catolicismo em um país de maioria anglicana. Esse fato, somado a destituição do habeas corpus, as prisões arbitrárias e punição de opositores levou o país até a Revolução Gloriosa. Esse período histórico foi marcado pelo apoio do genro e d filha do rei, Guilherme de Orange e Maria, à oposição.

No fim da Revolução, Jaime II foi buscar refúgio na França e o governo passou a ser liderado por Guilherme de Orange e Maria, ambos da Dinastia Stuart.

A Dinastia Stuart: Principais Monarcas Ingleses

  • Jaime I (1566-1625)
  • Carlos I (1600-1649)
  • Carlos II (1630-1685)
  • Jaime II (1633-1701)
  • Maria II (1662-1694)

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.