Mais de 80% das mulheres não conseguem pagar contas

Como parte dos lares hoje em dia são chefiados por mulheres, o uso do cartão aumentou significativamente

Um dos maiores problemas dos cidadãos brasileiros é o endividamento. Ele atinge cerca de 79,3% das famílias, de acordo com o CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo).

A pesquisa feita por gênero mostrou algo alarmante: o endividamento aumentou para o público feminino. Isso chega a 80,9% delas, e pasmem, o cartão de crédito para mulheres é o grande vilão da história. O cheque especial também tem sua parcela de culpa, como você poderá ver na matéria desta sexta-feira (21) do Notícias Concursos.

Rotativo do cartão para as mulheres é o vilão do endividamento

O crédito rotativo do cartão certamente é um grande problema quando a questão é se endividar. De acordo com os dados citados pelo Banco Central, esse sistema do rotativo registrou aproximadamente R$ 159,3 bilhões de novos empréstimos de janeiro a junho de 2022. Esse nível foi maior em relação à 2014, quando se concedeu R$ 174,7 bilhões.

O crédito rotativo tem a utilidade de ser usado quando se gasta mais do que consegue pagar integralmente da fatura mensal. Nesse caso, é preciso parcelar o valor. Ainda de acordo com informações do Banco Central, as inadimplências relacionadas ao cartão de crédito atingem mais aqueles que ganham, no máximo, um salário-mínimo, tendo o percentual aproximado de 12,24%, o maior registrado desde o ano de 2016.

Cartão de crédito para mulheres: perigo de endividamento que a maioria delas
Cartão de crédito para mulheres: perigo de endividamento que a maioria delas – Canva Pro

Como se ver livre das dívidas do cartão

A recomendação é que os consumidores, especialmente as mulheres, que ficam mais endividadas, busquem renegociar as dívidas. Em situações econômicas mais estáveis, o certo seria abolir as compras e itens supérfluos do cartão de crédito. Mas, o que se vê é que as pessoas precisam bastante recorrer a tal recurso financeiro, por exemplo, para abastecer a despensa.

Portanto, a opção que têm é mapear as dívidas. Em seguida, mesmo não sendo um período onde se tem aqueles feirões com renegociação das dívidas, vale a pena tentar. Os consumidores podem renegociar tudo o que devem através da plataforma da Serasa Limpa Nome. Assim, tanto mulheres quanto homens, aos poucos, vão ficando livres do endividamento.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.