Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

5 razões para apostar em cursos online de TI

Mesmo em meio aos desafios do mercado de trabalho brasileiro, há setores que crescem a passos largos. É o caso do setor de Tecnologia da Informação (TI) que, de acordo com um estudo da Revelo, empresa de tecnologia para recursos humanos, cresceu em 25% as oportunidades de emprego no ano passado.

Com essa expansão e a alta demanda do mercado, as equipes de recrutamento avaliam de maneira criteriosa o conhecimento técnico e, principalmente, como o candidato se porta diante dos desafios encontrados diariamente por estes profissionais.

Pensando nisso, Fábio Muniz, CEO da Awari, aponta cinco razões para investir em um ensino individualizado através de cursos online:

1. Sem barreiras

O Brasil é um país com dimensões continentais. Isso faz com que o acesso à educação seja difícil para quem vive longe dos grandes centros comerciais do país.

Agora, com a pandemia e a necessidade de isolamento social, o mercado de trabalho se tornou menos resistente a posições remotas. Fazer um curso à distância é um investimento tático.

No cenário atual, você pode ter acesso à educação da mais alta qualidade e disputar vagas em qualquer local do país. Afinal, o aperfeiçoamento das habilidades no ambiente de trabalho é um diferencial para quem busca recolocação no mercado. É importante avaliar o método de ensino, se existem atividades práticas e a expertise dos professores.

2. Troca de conhecimento com profissionais experientes

Apenas conhecimento técnico nem sempre soluciona problemas da rotina do profissional de TI. Por isso, é imprescindível trocar experiências e praticar soluções criativas e inovadoras com pessoas experientes do mercado. Isso porque, cada vez mais, os recrutadores pedem cases de sucesso dos candidatos.

Nele, o interessado compartilha sua vivência, desafios e resultado final, uma maneira mais eficiente de avaliar os candidatos.

Além das possibilidades de networking e troca de experiências entre alunos e mestre dentro do próprio curso online. “Esse tipo de conhecimento e a habilidade em resolver os problemas do dia a dia fazem toda a diferença na decisão final do recrutador”, pontua Fábio.

3. Agilidade para se atualizar

Se modernizar é essencial para quem busca se manter no mercado de trabalho. Hoje, principalmente no mercado de tecnologia, que se transforma rapidamente, as universidades não conseguem acompanhar o ritmo. “A proximidade com o mercado de trabalho garante que os cursos estejam melhor alinhados com as expectativas das empresas. Além disso, o formato do curso permite rápidas e contínuas atualizações em seu conteúdo”, explica Fábio Muniz, CEO da Awari.

4. Preparo para ingressar no mercado de trabalho de TI

O processo seletivo vai muito além do momento da entrevista. Na verdade, a relação entre futuro contratado e contratante começa no LinkedIn. Logo, é importante ter uma orientação sobre quais são as melhores estratégias na rede social, como construir projetos adequados aos seus objetivos profissionais, além da melhor maneira de apresentar seu portfólio para recrutadores. Atualmente, existem formatos de ensino que também norteiam os melhores caminhos para a conquista da vaga. Da rede social até a última etapa de entrevista.

5. Ensino individualizado em TI

As turmas reduzidas garantem uma maior proximidade entre os estudantes e o instrutor. Alguns cursos também se propõem a ajudar os alunos fora do horário de aula, com sessões de prática e mentorias individuais, por exemplo. “É importante um acompanhamento personalizado para cada um dos alunos. Só assim as pessoas são capazes de atingir todo seu potencial”, conclui Fábio.

E então, gostou das dicas?

Não deixe de ler também – Site oferece CURSO GRATUITO de Gestão de Projetos em Tecnologia da Informação

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.